Seminariode araxa

Documento (seminário) de Araxá 1967

O Serviço Social é uma profissão dinâmica que possui um curto, mas belo processo histórico. Seus fundamentos foram estruturados no final do século XIX, quandose consolidou o processo de industrialização, conhecido na história da humanidade como Revolução Industrial.
Tal ‘revolução’ facilitou a consolidação do capitalismo , adquiriu um novo perfil, deixandode lado seu aspecto o concorrencial para adquirir seu estágio monopolista, gerando, então, significativos impactos na estrutura societária.
Nesse cenário de grandes questões sociais, surgiram asbases que estruturam o Serviço Social, que, durante muito tempo, esteve a serviço da burguesia .
O Serviço Social serviu aos propósitos da burguesia, que utilizou os primeiros profissionais da área,para, de forma indireta, amenizar os conflitos surgidos entre a crescente classe operária absorvida pelo sistema capitalista em ascensão.
Foi uma das profissões mais impactadas pelos fatos históricos apartir da ditadura, pois sua ação sempre foi colocada sob a tensão da relação capital versus trabalho. De um lado os dominantes, Estado e Instituições, querendo mais poder e lucro e de outro ostrabalhadores, lutando contra a exploração a alienação e a mais valia .Outro grande impacto foi que os profissionais se tornaram mais progressistas, vendendo a sua força de trabalho, se reconheceram comotrabalhadores, e com compromisso de defender os direitos dos trabalhadores .Foi fator também da criação de uma nova identidade profissional baseada em uma dinâmica profissional crítica, reconhecendotodo cidadão como sujeito de direitos, e não de favores, promovendo ações para o favorecimento de toda a sociedade .

O Seminário de Araxá

O I Seminário de Teorização do Serviço Social foi realizadoem Araxá (MG), onde se reuniram 38 assistentes sociais do país, que propôs ações mais vinculadas a realidade social e política do país.
O documento de Araxá trata dos níveis da microatuação e da...
tracking img