Seminario entregado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2141 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Norte do Paraná
________________________________________
________________________________________

SERVIÇOS DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
SERVIÇO SOCIAL
1º PERÍODO

TEMA: O USO DO CRACK:
UM PROBLEMA SOCIAL RESTRITO ÀS METRÓPOLES?

Cabo – 2012,
Universidade Norte do Paraná
________________________________________
________________________________________SERVIÇOS DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
SERVIÇO SOCIAL
1º PERÍODO

Aluno: Viviana Morais de Lima
Curso: serviço Social
Turno: Noite

TEMA: O uso do crack:
Um problema social restrito às metrópoles?

Trabalho de serviço social apresentado à Universidade Norte do Paraná – UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção de média bimestral na disciplina de Disciplina Psicologia geral,Antropologia, Formação social, Política e economia do Brasil, FHTM do serviço social 1 orientado pelo Profº. Giani Albiezzeti Gleiton Lima, Lisneia Rampazzo, Rosane Malvezze.



Cabo – 2012,
Resumo

O consumo do crack tem sido compreendido como um dos principais agentes de desestruturação social, sendo objeto de intensa preocupação. discursos dos familiares de usuários do crack a cerca dadescoberta da situação e os motivos que os mesmos atribuem para o início do uso da droga. A descoberta do uso de crack se dá devido à percepção de mudanças de comportamento do usuário; quando terceiros contam; o familiar percebe objetos e cheiros estranhos; ou quando o usuário admite o uso. Em relação aos motivos para o uso da droga os familiares descrevem: influências; conflitos familiares;escolha do usuário e muitos expressam não saber o motivo.

SUMÁRIO

Introdução ...................................................................................................................... 04
Desenvolvimento ........................................................................................................... 05
a) O Uso Do Crack: Um Problema Social Restrito Às Metrópoles....................... 05
b) A sociedade e o crack - ...................................................................................... 05
c) Relação urbanização x população - ................................................................... 06
d) Ano 1808, 1903 e 1904 - ................................................................................... 07
e) O crack e suasconseqüências emocionais. - ..................................................... 08
f) Crack, Afetivas, e família. - ............................................................................... 08
Conclusão ...................................................................................................................... 09
Referencia...................................................................................................................... 10

INTRODUÇÃO

    Ao falar sobre drogas hoje, o país expressa uma das maiores preocupações.
  O medo é justificável a disseminação do comércio e do consumo do crack na sociedade é um fenômeno incontestável, atingindo tanto a população urbana quanto a rural ,indistintamente, envolvendo homens e mulheres, jovens e adultos,pobres e ricos.
    O uso ilícito de drogas, principalmente o crack, nos últimos anos tem aumentado num ritmo alarmante e tem ultrapassado todas as fronteiras sociais, econômicas, políticas e nacionais. Esse aumento pode ser atribuído a vários fatores, dentre eles: a falta de informação sobre os perigos a longa e curto prazo do consumo abusivo das drogas ilícitas, assim como o caráter limitado dasações preventivas. A pouca efetividade nas estratégias governamentais, que garantam uma verdadeira intervenção na prevenção e no combate ao uso de drogas, faz com que “Cracolandias” surjam e se espalhem pela cidade de forma gritante e preocupante.
Sabemos que para enfrentarmos a epidemia do crack, não bastam apenas operações militares mirabolantes. Há que se ter um processo que permita a...
tracking img