Seminario alto da boa vista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1476 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO DE SERVIÇO SOCIAL




FRANCILENE BARBOSA DA CRUZ
MARIA GLAFIRA RIBEIRO DA SILVA
MARIA LUIZA SOUZA DE OLIVEIRA SOARES
MARIA OCILENE SENA CRUZ
MARCILENE GOMES VIEIRA
THAÍS FREIRE DE OLIVEIRA





ESTUDO DIRIGIDO
SOBRE OS MOVIMENTOS DE RECONCEITUAÇÃO
DO SERVIÇO SOCIAL
(SEMINÁRIO ALTO DA BOA VISTA)MANAUS
2012
FRANCILENE BARBOSA DA CRUZ
MARIA GLAFIRA RIBEIRO DA SILVA
MARIA LUIZA SOUZA DE OLIVEIRA SOARES
MARIA OCILENE SENA CRUZ
MARCILENE GOMES VIEIRA
THAÍS FREIRE DE OLIVEIRA























ESTUDO DIRIGIDO
SOBRE OS MOVIMENTOS DE RECONCEITUAÇÃO
DO SERVIÇOSOCIAL
(SEMINÁRIO ALTO DA BOA VISTA)




Trabalho solicitado à turma SSM0201, Curso de Serviço Social, 2º período, para obtenção de nota parcial na disciplina F.H.T.M.S.S. ministrada pela Profª Márcia Azevedo.



MANAUS
2012
OBJETIVO




O presente trabalho busca mostrar como ocorreu o processo de construção teóricado Serviço Social e a prática da profissão, como modelo tradicional, conservador, desde os tempos em que era vista como forma de fazer “caridade”, com forte base moral e religiosa até a atualidade, em que o profissional do Serviço Social precisa ter formação técnica-científica para poder atuar nos diversos setores da sociedade, enfrentando situações cada vez mais desafiadoras.
INTRODUÇÃOBuscando o aperfeiçoamento técnico da prática profissional, o Serviço Social busca adotar métodos e padrões modernos, buscando nas teorias marxistas o amparo necessário para uma nova concepção em sua forma de atuar na sociedade.
Dentro de um contexto histórico de mudanças e crises político-econômicas, ocorre a necessidade de adequação do profissional de Serviço Social, o qual élevado a repensar a prática da profissão. O momento em que o Serviço Social se depara com o aumento dos problemas sociais, gerados pela crescente industrialização e aumento do capitalismo, pode ser considerado como o início da conscientização da necessidade de mudança na profissão.
Essa intenção de ruptura com os modelos tradicionais deu início ao Movimento de Reconceituação do Serviço Socialno Brasil.


















FUNDAMENTOS TEÓRICOS




A renovação do Serviço Social no Brasil ocorre a partir de 1965, quando a intenção de ruptura com os modelos tradicionais é demonstrada durante o I Seminário Regional Latino-americano do Serviço Social, que é realizado na cidade de Porto Alegre/RS. No difícil contexto histórico de Ditadura Militar o Brasil segueo exemplo dos países vizinhos como Chile, Uruguai e Argentina, os quais já viviam um momento de reconceituação da profissão.
Vários fatores contribuem para essa intenção de ruptura do conservadorismo e a transição para a modernização das práticas do Serviço Social, mas o principal deles é a necessidade de atuação diante dos problemas sociais que surgem num período de industrializaçãoacelerada, num momento em que novas políticas sociais são implantadas pelo regime de ditadura militar, nas áreas da saúde, educação e habitação.
Novas demandas emergem da sociedade exigindo um profissional que possa atuar, de forma eficiente e racional, na prevenção de novos conflitos, fornecendo respostas aos novos desafios que surgem.
Diante da incapacidade inicial de intervir deforma eficaz, na tentativa de diminuir os problemas sociais da realidade brasileira, os profissionais assistentes sociais promovem debates, analisando de forma crítica os elementos que constituem a profissão. Daí, a necessidade de organização da comunidade profissional em torno do aperfeiçoamento das metodologias de ação em uma perspectiva modernizadora da profissão.
Essa perspectiva...
tracking img