Seminario agronegocios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1071 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DE CASO SOBRE O USO DE REDES SOCIAIS PARA INCENTIVAR O TURISMO EM BARBADOS

Por serem pontos naturais para relacionamento e troca de informação – o que difere bastante de uma divulgação em mídia tradicional -, as redes sociais são, por natureza, ambientes que devem ser trabalhados com uma visão de longo prazo.
Isso não significa que é preciso esperar muito tempo para se ter resultados.Ao estruturar uma presença articulada nas mídias sociais, uma marca acaba abrindo-se para o seu público de uma maneira que costuma ser ímpar e sem precedentes.
Esta abertura, por assim dizer, coloca o relacionamento com o cliente em um patamar que pode trazer resultados de forma praticamente instantânea.
Para exemplificar a questão, relatamos o caso da pequena ilha de Barbados, no extremo lestecaribenho e que, em um período de apenas três  meses, consolidou-se como uma das melhores opções para brasileiros no paraíso entre as duas Américas.

O caso
Brasil, junho de 2010. Ao final do mês, a Gol Linhas Aéreas inaugurava vôos semanais diretos partindo de São Paulo e indo até Bridgetown, capital de Barbados.
Como meta, o governo local precisava somar pelo menos 50% de assentos ocupadosnos vôos, o que poderia ser traduzido na consolidação da ilha como opção concreta para os turistas brasileiros.
Sua principal barreira era uma competição forte com outros destinos caribenhos, de Cancun a Curaçao, já inseridos no imaginário do público. O momento também não ajudava: em plena Copa do Mundo, o brasileiro dava pouca atenção a qualquer tema diferente de jogos e seleções. Finalmente,havia uma falta concreta de material de divulgação em português – incluindo vídeos e artigos especializados na rede.
A estratégia, no entanto, era simples: posicionar Barbados como destino mais completo do Caribe e mais próximo do brasileiro – o que incluía uma presença determinante nas mídias sociais.
Construindo o ecossistema social
O primeiro passo para pôr a estratégia em prática foiestruturar o seu ecossistema social: um conjunto de presenças em ambientes sociais distintos que se interligavam, abrindo para o usuário um leque completo de informações e respostas para dúvidas gerais ou específicas.
Por se tratar de um mercado já consolidado – são poucas as opções de destino no Caribe – a peça principal de toda estratégia foi um blog, ambiente que permitia que se abordassem todos osdiferenciais da ilha e opções de roteiro em relativa profundidade,  sem limitadores de caracteres ou formatos.
Em torno do blog, uma série de outras redes se faziam presentes como complementos à presença da marca, tais como:
• •Twitter e o Facebook, emanando posts curtos e diretos, normalmente levando os usuários para o blog ou para outras redes;
• •FlickR, explorando fotos próprias ouexpos com fotos tiradas por outros viajantes;
• •Youtube, apresentando vídeos feitos pelo governo da ilha ou por viajantes comuns;
• •Google Maps, mostrando roteiros específicos para interessados em surf, mergulho profissional, snorkeling, romance etc.
A conversa entre todas as redes era plena e determinante para a estratégia como um todo.
No FlickR, por exemplo, cada imagem sugeria que ousuário visitasse o blog para mais informações; os posts no blog, por sua vez, faziam menção a vídeos no Youtube  ou a roteiros no Google Maps e eram emanados via Twitter e Facebook, gerando uma massa de mensagens diretas com dúvidas que eram respondidas de forma praticamente instantânea.
Em alguns casos, as dúvidas levantadas por usuários eram transformadas em posts completos e inseridos noecossistema nos dias seguintes.
No total, apenas uma diretriz simples definia a presença nas redes: cada uma delas  (Youtube, FlickR, Twitter, Facebook) deveria ter vida própria, mas todas deveriam ser acessadas de maneira direta a partir do ponto central da estratégia (o blog).
Com um trabalho diário de levantamento e criação de conteúdos relevantes, o ecossistema passava ao usuário a sensação...
tracking img