Semana de Arte moderna de 1922

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (285 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Semana de Arte Moderna de 1922
Evento que inovou nas formas estéticas europeias que serviam de modelo para a arte brasileira
A Semana de Arte Moderna, que aconteceu nos dias13, 15 e 17 de fevereiro de 1922 no Teatro Municipal de São Paulo, inovou com as formas estéticas européias conservadoras que serviam de modelo para a arte brasileira. Osartistas tentavam fazer a sua própia identidade, nacionalista, embora as tendências modernistas já vigorassem na Europa.
No Brasil as pessoas discordavam do cenário artístico. Algunsartistas buscavam a sua própia maneira de se expressar. Outros artistas preferiram deixar a arte do jeito que estava.
Quando esse novo estilo de arte foi exposto, houve umagrande discussão. Os artistas modernistas desprezavam o estilo europeu que era muito apreciado no Brasil e preferiram usar a sua própia liberdade para criar e isso não deixou opúblico muito satisfeito com o evento.
Em 1917, Monteiro Lobato fez uma crítica à pintura de Anita Malfatti e isso ajudou a popularizar a renovação da arte brasileira e também serviude incentivo para a semana da arte moderna.
Os destaques da semana da arte moderna entre artistas plásticos, escritores, músicos e arquitetos foram: Anita Malfatti, DiCavalcanti, Vicente do Rego Monteiro, Goeldi, Antonio Garcia Moya, Georg Przyrembel, Victor Brecheret, Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Menotti Del Picchia, Guilherme de Almeida,Villa-Lobos e Guiomar Novais.
Evento onde ocorreu uma grande inovação na arte brasileira.
A Semana da Arte moderna ocorreu no Teatro Municipal da cidade de São Paulo em fevereirocom o objetivo de inovar a arte brasileira e os destaques da semana da arte moderna foram: Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Villa-Lobos e entre outros.
Anúncios