Semana 16

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (601 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Em consonância com as orientações dadas na aula anterior, pretendemos que esta aula seja utilizada para rever o conteúdo ministrado na segunda metade do conteúdo programático previsto para adisciplina.
Trata-se, também, de oportunidade ímpar para auxiliar na revisão para o período de provas que se inicia.


CASO CONCRETO
O pescador Ademilson de Moraes morava com a família, em julho 2004,em um barraco de madeira que incendiou e todos os móveis foram destruídos, não podendo nada ser recuperado. E, por isso, devido às dificuldades financeiras, atrasou o pagamento das contas de água àCASAN (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento).
Conforme afirmou Marilene Parreira de Moraes, esposa do pescador, ela foi ao escritório da companhia para pedir o parcelamento da dívida, pois nãoteriam condições de pagar a quantia à vista, porque o marido estava reconstruindo a casa com a ajuda da comunidade local e não poderia a sua família ficar sem água.
Entretanto, o representante daCASAN negou o pedido de Marlene Pereira e a companhia cortou o fornecimento de água devido ao atraso de pagamento por parte do usuário, em dezembro de 2004.
O pescador, que hoje trabalha na Prefeitura dePiçarras (SC), onde recebe um salário de 400 reais, entrou com mandado de segurança em face da empresa.
A primeira instância acolheu o pedido de Ademilson.
A CASAN, então, apelou ao Tribunal deJustiça de Santa Catarina, alegando que o fornecimento de água constitui serviço remunerado por tarifa e que deve ser permitida sua interrupção no caso de não-pagamento das contas.

CONSULTE AS FONTESA SEGUIR:
1) SEÇÃO V - Da Cobrança de Dívidas
Art. 42, CDC - Na cobrança de débitos o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ouameaça.
Parágrafo único. O consumidor cobrado em quantia indevida tem direito à repetição do indébito, por valor igual ao dobro do que pagou em excesso, acrescido de correção monetária e juros...
tracking img