Sem assunto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6271 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CONTROLE DE INFECÇÃO EM ODONTOLOGIA
LORIANE RITA KONKEWICZ
INTRODUÇÃO
A prática da odontologia abrange uma grande variedade de procedimentos, que podem incluir desde um simples exame até uma cirurgia mais complexa. Estes procedimentos geralmente implicam em contato com secreções da cavidade oral, algumas vezes representados simplesmente pelo contato com saliva, outras vezes pelo contato comsangue, secreções orais, secreções respiratórias e aerossóis. Isto tudo acaba resultando em possibilidade de transmissão de infecções, tanto de paciente para paciente, como dos profissionais para pacientes ou dos pacientes para os profissionais.
Uma grande preocupação com o risco de transmissão de HBV e HIV entre pacientes e profissionais na prática odontológica tem sido encontrada (1-7). Apesardesta possibilidade de transmissão ser considerada baixa (6-8), alguns relatos de transmissão de HIV e HBV de pacientes para profissionais e profissionais para pacientes tem sido publicados sem, entretanto, identificar claramente as vias de contágio (9, 10). Os acidentes punctórios permanecem, ainda, como os maiores riscos de transmissão de HBV e HIV para os profissionais de saúde em geral eprofissionais da odontologia em particular, através do contato com sangue (11-14). Em virtude de que nem todos os pacientes portadores de HIV, HBV, ou outros patógenos importantes, possam ser identificados previamente à realização de um procedimento invasivo, é recomendado que todos os pacientes, indiscriminadamente, sejam considerados potencialmente contaminados e que, consequentemente, precauçõespadronizadas sejam utilizadas em todos os procedimentos, com todos os pacientes (15).
Efetivas medidas de controle de infecção visam quebrar ou minimizar o risco de transmissão de infecções na prática da odontologia. Várias revisões sobre o assunto e recomendações de consenso, em diferentes países e estados do Brasil, tem sido publicadas no sentido de orientar os profissionais nessa prática(16-25).
A crescente aderência às precauções e recomendações tem provavelmente contribuído para a diminuição dos riscos de transmissão de infecções na prática odontológica (6, 26-27).
O objetivo deste capítulo é abordar todos os aspectos envolvidos no controle de infecção em odontologia, passando pelo bloqueio epidemiológico da transmissão de infecções, lavagem e anti-sepsia das mãos, proteção dosprofissionais, tratamento de materiais, instrumentos, equipamentos e ambiente, uso de desinfetantes e descarte dos resíduos sólidos e líquidos.
BLOQUEIO EPIDEMIOLÓGICO DA TRANSMISSÃO DE INFECÇÕES E PROTEÇÃO DOS PROFISSIONAIS
VACINAÇÃO
A vacinação é considerada uma das mais importantes medidas de prevenção de aquisição de infecções. A vacinação contra hepatite B tem sido recomendada tanto paradentistas, como para auxiliares, técnicos de higiene dental e protesistas (20-25). Esta vacina deve ser aplicada em 3 doses: primeira dose, segunda dose após 1 mês e terceira dose após 6 meses. É recomendada a realização de sorologia (pesquisa de anticorpos anti-HBs) para comprovação de imunidade após o término do esquema vacinal.
Além desta, outras vacinas também são consideradas importantesdentre estes profissionais, tais como vacinas contra sarampo, rubéola, caxumba, tétano e influenza (20).
LAVAGEM e ANTI-SEPSIA das MÃOS
As mãos representam um dos maiores veículos de transmissão de infecções. A lavagem das mãos é, isoladamente, a ação mais importante para a prevenção e controle das infecções hospitalares (28). A educação e adesão dos profissionais ao hábito da adequada higiene dasmãos não devem nunca deixar de serem enfatizados (29-32).
As mãos devem ser lavadas sempre que estiverem visivelmente sujas, antes de colocar luvas e após retirá-las, antes e após procedimentos com todos os pacientes, após contato com qualquer material, equipamento ou superfície potencialmente contaminados (22-24, 29). As mãos devem ser lavadas com sabão neutro, reservando o uso de sabão com...
tracking img