Seguranca trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1002 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO DE SEGURANÇA DO TRABALHO 1
.Resumo Histórico:
Origem, nascimento e oficialização da Segurança e a Higiene no Trabalho:
Fundação da Organização Internacional do Trabalho – OIT, em 1919, em Genebra, na Suíça;
O Tratado de Versalhes que selou o fim da Primeira Grande Guerra Mundial incluiu em seu bojo ações para melhorias das condições de trabalho no mundo.
Surgimentos oficiais deAções Coordenadas e abrangentes ligadas a Segurança e Higiene do Trabalho, ocorridas no ano de 1.921, quando a OIT organizou um Comitê para o Estudo de Assuntos referentes a Segurança e a Higiene no Trabalho.
Nesta época o Comitê da OIT estabelecido em Genebra na Suíça, estudando as condições de trabalho e vida dos trabalhadores no mundo, tomou uma decisão histórica recomendando e tornando obrigatóriaa constituição de Comissões, compostas de representantes do empregador e dos empregados, com o objetivo de zelar pela prevenção dos acidentes do trabalho, quando as empresas tivessem 25 ou mais empregados.
No Brasil simultaneamente surge a primeira Lei sobre Acidentes do Trabalho, a de n o 3.724 de 15 de janeiro de 1919.
* Ano de 1934:
Tempos depois, em 10 de julho de 1934 foi promulgada asegunda Lei de Acidentes do Trabalho através do Decreto n o 24.637.
* Ano de 1943:
Criação da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT conforme o Decreto Lei nº 5.452 de 01.05.1943.
* Ano de 1944:
Oficialmente instituída a criação da CIPA - Comissão Interna Para Prevenção de Acidentes, no Brasil.

Por que foram criadas as normas regulamentadoras:
As normas regulamentadoras foramcriadas para que haja amparo
legal e uniformidade no setor.
Orientações, atribuições e implantação CIPA
CIPA,(Comissão Interna Para Prevenção de Acidentes), foi oficialmente criada no dia 10 de novembro 1944, pelo então Presidente Getúlio Vargas, considerado ´´ o pai dos trabalhadores `` o Decreto – Lei nº 7.036, fixando a obrigatoriedade da criação de Comitês de Segurança em empresas com100 funcionários ou mais.
Ano de 1953:
Em 27.11.1953 a Portaria 155 oficializava a sigla CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes.
Ano de 1968:
Portaria 3.456: - Em 29 de novembro de 1968, a Portaria 3.456 reduziu o número de 100 para 50 empregados como o limite em que se torna obrigatório à criação das CIPAS em cada Empresa.
Atribuições:
A CIPA, tem por objetivo,desenvolver atividades voltadas para prevenção de
doenças, acidentes de trabalho e qualidade de vida dos trabalhadores.
Identificar os riscos do processo de trabalho;
Elaborar plano de trabalho;
Realizar periodicamente verificação nos ambientes e condições de trabalho;
Realizar após cada reunião, a verificação do cumprimento das metas fixadas;
Divulgar aos trabalhadores informaçõesrelativas do PCMSO, PPRA bem como
de outros programas de segurança e saúde desenvolvidos pela empresa;
Divulgar e promover o cumprimento das NR´s, bem como cláusulas de acordos e convenções coletivas de trabalho e normas internas de segurança relativas à segurança no trabalho;
Participar em conjunto com o SESMT da análise das causas das doenças e acidentes do trabalho e propor medidas de solução dosproblemas identificados;
Promover, anualmente, em conjunto com a empresa, de campanhas à AIDS e
Outros programas de saúde.

Implantação (trecho da NR 5)
5.6 A CIPA será composta de representantes do empregador e dos empregados, de acordo com o dimensionamento previsto no Quadro I desta NR, ressalvadas as alterações disciplinadas em atos normativos para setores econômicos específicos.5.6.1 Os representantes dos empregadores, titulares e suplentes, serão por eles designados.
5.6.2 Os representantes dos empregados, titulares e suplentes, serão eleitos em escrutínio secreto, do qual
participem, independentemente de filiação sindical, exclusivamente os empregados interessados.
5.6.3 O número de membros titulares e suplentes da CIPA, considerando a...
tracking img