Segurança e ergonomia

Palavras chaves: Ergonomia. Empresa Frigorífica. Condições de Trabalho.

1. INTRODUÇÃO
A ergonomia, reconhecida inicialmente pelas melhorias das condições de trabalho, com propósito de eliminar os acidentes; trouxe contribuições significativas para a adequação do sistema técnico, propiciando vantagens econômicas e financeiras quando da introdução das novas tecnologias
O termo Ergonomiaderiva do grego: ERGON, que significa trabalho, e NOMOS, que significa Leis ou Regras, atribuindo-se a sua denominação a MURREL, um engenheiro Inglês, no ano de 1949, e foi inventada porque houve necessidade de uma palavra que exprimisse o estudo cientifico do homem e do seu trabalho. (VERONESI, 2008)
Através da observação sistemática do ambiente de trabalho podemos descrever as característicasgerais do setor, bem como, as posturas envolvidas para realização das tarefas na pretensão de um diagnostico ergonômico. A partir de então buscar medidas ergonômicas de melhorias para o trabalho, com intuito de eliminar ou minimizar os riscos ergonômicos desencadeadores de sobrecarga biomecânica que conseqüentemente são geradores de distúrbios musculoesqueléticos.
Uma das maneiras de verificar ascaracterísticas de um objeto de trabalho ou objeto de pesquisa de uma área de conhecimento é mostrar de que forma, ele tem sido concebido, definido ou exercido dentro dos diferentes momentos da história da área ou profissão.
Esta pesquisa constitui-se de um estudo sobre a ergonomia relacionada ao trabalho em um frigorifico de abate de aves, onde utilizamos das técnicas de pesquisa de campo comobjetivos de reconhecer as condições ergonômicas inadequadas e identificar as posturas de trabalho em sobrecarga funcional.
Sendo assim, para um nível maior de aprofundamento, entendimento e reflexão para análises de ajustes ergonômicos e contribuição pela melhoria das condições de trabalho, o presente trabalho monográfico faz um breve histórico da ergonomia, delineando sucintamente, sobre como sedeu sua evolução nos meios de produção industrial e que foram utilizados na fundamentação deste trabalho.
Justifica-se a escolha do tema pela importância em verificar as condições ergonômicas de trabalho no setor de evisceração.
Cabe aqui mencionar que tomando conhecimento das características das atividades do setor evisceração, do frigorifico de processamento de aves, percebemos que astarefas são altamente repetitivas, desenvolvidas sem as devidas pausas de descanso durante toda jornada de trabalho, com posturas estáticas e posturas de membros superiores suspenso para o manuseio dos frangos pendurados na gancheira da nórea transportadora.
Assim percebemos a necessidade de realizar um estudo de análise ergonômica, visando desempenho eficiente com segurança, mais conforto, motivando aprevenção de doenças osteomusculares denominadas pelo Instituto Nacional da Previdência Social (INPS) Ler/Dort, (lesão por esforços repetitivos e ou distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho).
O principal objetivo deste artigo é estudar os possíveis fatores de riscos ergonômicos nas tarefas desenvolvidas pelos trabalhadores nos postos de trabalho do setor evisceração de frangos.
Ahipótese sugerida é a de valorizar, aplicação de medidas ergonômicas de correção, implantação das melhorias propostas, com intuito de eliminar ou minimizar os possíveis fatores de riscos ergonômicos, visando diminuir a incidência de patologias relacionadas ao trabalho, mais segurança no trabalho, melhor qualidade de vida e no processo.

2. REFERENCIAL TEÓRICO
2.1 Breve Histórico da Evolução daErgonomia
A Ergonomia surgiu em 1950, nos países socialmente e industrialmente desenvolvidos. Para se entender as razões de sua evolução, deve-se fazer uma análise de prós e contras da época em que aconteceu a Segunda Revolução Industrial, no início do século XX.
Comecemos então pelo Taylorismo, também conhecido como Administração Científica, que foi um sistema de organização industrial criado...
tracking img