Segurança do trabalho: eng. civil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (6000 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
REM: R. Esc. Minas, Ouro Preto, 58(1): 39-44, jan. mar. 2005 39
Cr i s t i a n e A p a r e c i d a S i l v e i r a e t a l .
R e s u m o
A Indústria da Construção Civil (ICC) mantém elevados
índices de Acidentes de Trabalho (AT) apesar de esforços governamentais, empresariais e sindicais no sentido de reduzi-los.
Em investigação realizada em um Hospital Universitário da cidade deRibeirão Preto, Estado de São Paulo, Brasil, verificouse, nos prontuários hospitalares, nas anotações efetuadas por
profissionais da equipe de saúde, a incidência de AT ocorridos
e suas possíveis relações com a ocupação dos pacientes/trabalhadores, que procuraram atendimento à saúde no período de
dois anos consecutivos. Foram pesquisados 6.122 prontuários,
objetivando investigar o número detrabalhadores acidentados,
assim como suas características pessoais e dos acidentes, como
as causas, as partes do corpo atingidas e pelos AT. De 6.122
prontuários hospitalares de pacientes acidentados no trabalho,
150 (2,45%) referiam-se aos trabalhadores da ICC. A faixa etá-
ria predominante foi a compreendida entre os 31 e 40 anos
(34,7%), todos eram do sexo masculino e 55,3% procedentes daprópria cidade. As causas predominantes foram as quedas
(37,7%); as partes do corpo mais lesadas foram os membros
superiores (30,7%). Em nenhum prontuário pesquisado encontrou-se uma via da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT).
Sugestões são feitas no sentido de minimizar os AT na Constru-
ção Civil, bem como alertar as equipes de atendimento à saúde
para que questionem ospacientes/trabalhadores acidentados
sobre a sua ocupação, procurando-se, assim, estabelecer nexo
entre o AT ocorrido e o trabalho realizado pelos acidentados.
Palavras-chave: trabalhador da construção civil; acidentes de
trabalho; condições de trabalho.
A b s t r a c t
High Work Accident (WA) rates continue to occur
in the Civil Construction (CC) sector, in spite of
governmental, corporate and unionefforts to reduce
them. A research was carried out at a University Hospital
in Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil, to survey the
occurrence of AT and their possible relations with the
occupation of patients/workers who sought medical
assistance during two consecutive years. 6,122 records
were analyzed with a view to examining the amount of
worker victims, as well the characteristics of victimsand accidents, such as causes, affected body parts and
medical diagnoses reached. 150 out of 6,122 hospital
records referred to ICC workers. Predominant age range
was 31-40 years old (34.7%), all victims were male and
55.3% were from the Ribeirão Preto. The most frequent
causes were falls (37.7%); the most affected body parts
were the superior limbs (30.7%) and fractures were
observed in 24%of the diagnoses. None of the records
examined contained a copy of the Work Accident
Communication (CAT). Suggestions are made with a
view to minimizing WA in Civil Construction, and health
teams are alerted about the need to question patients/
victims about their occupation, thus seeking to establish
a relation between the WA that occurred and the work
carried out by the victims.Keywords: civil construction worker; work accidents;
work conditions.
Ac i d e n t e s d e t r a b a l h o n a c o n s t r u ç ã o c i v i l
identificados através de prontuários hospitalares
Cristiane Aparecida Silveira
Enfermeira do Trabalho. Professora Titular da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Univ. de São Paulo.
Centro Colaborador para o Desenvolvimento da Pesquisa emEnfermagem da OMS/OPS. Orientadora do projeto.
E-mail: cris@eerp.usp.br
Maria Lúcia do Carmo Cruz Robazzi
Enfermeira do Trabalho. Professora Titular da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Univ. de São Paulo.
Centro Colaborador para o Desenvolvimento da Pesquisa em Enfermagem da OMS/OPS. Orientadora do projeto.
Elisabeth Valle Walter
Enfermeira. Bolsista de Apoio Técnico do Projeto
Maria...
tracking img