Segunda lei de ohm

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (251 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Primeira Lei de OHM



Ohm definiu que a constante de proporcionalidade entre U e i seria a “resistência elétrica” do condutor normalmente simbolizadopor R.

Portanto, U = R.i
A unidade de medida da resistência é o ohm e é simbolizada pela letra grega Ω (ômega maiúsculo).
Ohm concluiu:
“Mantendo-se atemperatura de um resistor constante, a diferença de potencial aplicada nos seus extremos é diretamente proporcional à intensidade da corrente elétrica”.Condutores que mantém sua resistência constante são chamados de resistores ôhmicos, e aqueles condutores que tem a sua resistência variante são chamados deresistores não-ôhmicos.
George Simon Ohm nasceu em Erlangen na Alemanha em 1787 e morreu em 1854 na cidade de Munique. Em 1827 ele estabeleceu teoricamente alei que levaria seu nome.


Segunda Lei de OHM



Portanto temos a 2ª Lei de Ohm, que pode ser expressa da seguinte forma:

ρ (letra grega Rô)representa a resistividade elétrica do condutor usado e a sua unidade de media é dada em Ω.m no SI.
Ohm concluiu:
“A resistência elétrica de um condutorhomogêneo de secção transversal constante é diretamente proporcional ao seu comprimento e inversamente proporcional à sua área de secção transversal e depende domaterial do qual ele é feito”.
A resistividade é uma característica do material usado na constituição do condutor. Na tabela abaixo temos a resistividade dealguns metais mais utilizados nas industrias eletroeletrônicas:
Metal - Resistividade em 10-8Ω.m
Cobre – 1,7
Ouro – 2,4
Prata – 1,6
Tungstênio – 5,5
tracking img