Segunda lei de newton

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1256 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]









































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 MATERIAIS E METODOS........................................................................................4

2.1 EQUIPAMENTOS E MATERIAS UTILIZADOS.....................................................4

2.1.1METODOS UTILIZADOS....................................................................................4

3 RESULTADOS OBTIDOS........................................................................................5

4 CONCLUSÃO...........................................................................................................8REFERENCIA...........................................................................................................9






INTRODUÇÃO


Este laboratório tem como objetivo verificar experimentalmente a Segunda Lei de Newton,encontrar seus parâmetros e verificar em relação a cinemática. O experimento teve como objetivo configurar a interação de um corpo com uma força exercida sobre ele através de um Movimento RetilíneoUniformemente Variado (MRUV) em diferentes sistemas, que diferem entre si pela força resultante que é exercida pelo carinho, determinando assim a aceleração do sistema, a fim de construir o gráfico da força resultante em função da aceleração F=m.a Onde: F é a força aplicada; m é a massa do corpo;a é a aceleração do corpo;

A segunda lei de Newton pode ser escrita de forma quea aceleração adquirida por um corpo é diretamente proporcional à das forças que sobre ele atuam, tendo a mesma direção e sentido. A constante de proporcionalidade é a massa do corpo.


O trilho de ar é composto de chapas metálicas de perfil reto formando um perfil triangula com pequenos buracos convenientemente espaçados. Ao se injetar ar comprimido por dentro do trilhode ar, o mesmo sai através dos buracos produzindo um colchão de ar entre o trilho e o que chamamos de carinho. Este último consiste também de um perfil triangula bem menor que o próprio trilho que na ausência do ar comprimido se ajusta sobre o mesmo.
O colchão de ar faz com que o carrinho “flutue“de maneira que o atrito entre o carrinho e o trilho praticamente se anule,restando somente uma eventual fricção com ar.
.[pic]




.

materiais e metodos.

Para o desenvolvimento deste laboratório foram utilizados os seguintes materiais e os seguintes métodos:


1 Equipamentos e materiais utilizados.

• Trilho de ar.
• Carrinho deslizante.
• Sensores fotoelétricos.
• Gerador de fluxo de ar.
• Cronômetro Digital.
• Fita métrica.• Chave inversora.
• Pesos aferidos.




2.1.1 METODOS UTILIZADOS.

1º O trilho foi nivelado por um guia, o guia deve ficar totalmente em repouso para que não atrapalhe na movimentação do “carinho”. A partir do momento que o peso não se movimente, sendo assim o mesmo está ajustado para testes.

2º- Feito o ajuste, desloca-se o carrinho próximo ao ponto A, sendo que nesse ponto avelocidade do carrinho deve ser nula.


3º- Posicionar os sensores

4º- Colocou-se no suporte para massas aferidas, o que resultou em força aceleradora de P = mg


5º- Liga-se o compressor de ar, e ajusta-se a saída de ar de modo a garantir força de atrito desprezível entre o trilho e o carrinho.



. Resultados Obtidos

Montamos o sistema de trilho de ar, colocamos a roldana emuma das pontas do trilho, amarramos a corda do carrinho e a massa M , e colocamos os sensores ópticos, apropriadamente, nas posições X0 determinando assim seu Δx . Variando a massa do carrinho, medimos o intervalo de tempo para que o carinho saindo em repouso X0 atinja a posição indicada, do modo o qual repetimos esse processo para cada valor de massa diferente, calculamos o T , preenchendo a...
tracking img