Segunda Lei de Mendel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (365 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de dezembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto

Segunda Lei de Mendel



A Segunda Lei de Mendel é também conhecida como Lei da segregação independente dos genes. Mendel em seus experimentos também cruzou plantas que diferiam emrelação a dois pares de alelos. Neste cruzamento, que objetivava esclarecer a relação de diferentes pares de alelos, ele cruzou plantas que possuíam sementes amarelas e lisas com plantas quepossuíam sementes verdes e rugosas. A progênie F1 resultante entre o cruzamento dos progenitores homozigota é formada por híbridos(heterozigotos) para dois pares de genes. A progênie F1 (GgWw) é formada pordiíbridos e, por extensão, o cruzamento GGWW x ggww é um cruzamento diíbrido. Sabia-se, graças às experiências anteriores, que os alelos que determinavam sementes amarelas e lisas eram dominantes esobre seus respectivos alelos, que produziam sementes verdes e rugosas. Assim, considerando dois deles tinham-se as Informações:  caráter cor dos cotilédones, Já tinha sido observado que o padrãoamarelo (V) apresentava dominância sobre o padrão verde (vv); Caráter aspecto da casca da semente 
Neste caso, já se observa que o padrão de casca lisa (R) era dominante sobre o tipo casca rugosa(rr). Os cruzamentos foram realizados no mesmo esquema daelaboração da primeira lei. A geração parental(P) utilizava duas plantas homozigóticas para as características estudadas, assim uma duplo-dominante (AA) era cruzada com um duplo-recessiva (aa). Dessecruzamento surgiu um híbrido heterozigótico (Aa). Mendel selecionou dois caracteres das sete estudadas na primeira lei para comparação, ervilhas amarelas(AA) e lisas(BB)(duplo-dominante) e ervilhasverdes(aa) e rugosas(bb)(duplo-recessiva). No primeiro cruzamento (F1) todas as ervilhas obtidas eram amarelas(Aa) e lisas(Bb). Na segunda geração(F2) foram obtidas ervilhas amarelas(A_) e lisas(B_),...
tracking img