Secundário de tc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (256 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ABRINDO O SECUNDÁRIO DO TC

Com o TC funcionando normalmente com carga, ou com seu secundário em curto-circuito, vale a equação geral:

Fp- Fs=R.Φ →Np.Ip-Ns.Is=R.Φ

Onde: Ip= Icarga

A força magnetomotriz de ação Fp sofre reação da força magnetomotriz Fs, cuja diferença, isto é, a resultanteé contra balanceada pelo R.Φ. O diagrama fasorial abaixo expressa a fórmula acima.

O R.Φ do TC é na verdade bem pequeno, apenas o necessário paracontrabalancear a força magnetomotriz resultante dentro do núcleo magnético.
Quando o secundário do TC abre, Is = 0, e a equação acima fica:

Np.Ip-Ns.0=R.Φ → Np.Ip=R.ΦNote que neste caso o termo Np.Ip fica constante, porque a carga no circuito não mudou. Assim o valor R.Φ aumenta para ficar com o mesmo valor Np.Ip, comomostra a figura abaixo.


Assim o fluxo magnético (Φ) dentro do núcleo cresce, entrando na região da saturação do TC, mudando também a sua relutância(R).
O excessivo aumento do fluxo magnético no núcleo do TC causa os seguintes efeitos:
* Excessivas perdas por histerese e correntes parasitas no núcleodo TC, aquecendo-o rapidamente, e queimando o TC;
* Produção de elevadas tensões no terminal secundário do TC, perfurando sua isolação e produzindo elevados riscos nosistema e na segurança humana.

O valor da tensão induzida no secundário do TC depende da taxa de variação do fluxo magnético concatenado. Seuvalor é obtido pela expressão:

et=Ns . ∆Φ∆t

Observando a equação acima podemos concluir que o aumento do fluxo magnético, causará um aumento na tensão.
tracking img