Sebenta snc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3002 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTIG

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO












CONTABILIDADE DAS SOCIEDADES

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO PRÁTICA

Caderno 3





O docente:

José Filipe Pires dos Reis




















Ano lectivo 2005/2006
SEBENTA PRÁTICA Nº 3


Alguns apontamentos teóricos de interesse sobre Capital Próprio:

O capitalpróprio (ou interesse dos detentores) é o interesse residual nos activos de uma entidade que permanece após a dedução dos seus passivos. O capital próprio compreende todo o capital contribuído para a entidade mais os lucros retidos.

Entende-se por capital contribuído o investimento inicial e adicional, feito pelos detentores da empresa, sendo constituído pelo capital social ou legal, os prémios deemissão, as prestações suplementares e as doações e subsídios. As reservas de reavaliação só são capital contribuído quando realizadas.

Os lucros retidos são constituídos por ajustamentos de períodos anteriores (resultados transitados) e reservas específicas.

Verifica-se também uma distinção entre capital realizado e não realizado. O capital próprio não realizado é todo aquele que resulta decritérios de mensuração que não sejam o do custo histórico.

QUESTÕES PRÁTICAS

1. Cinco promotores decidem constituir, em Janeiro de X0, por escritura pública, uma sociedade anónima com um capital social ou legal de 250.000 € com participações iguais.
- O capital subscrito foi realizado por um dos sócios, através da entrega de um edifício avaliado em 50.000 (que inclui o valor do terreno de12.500 €). Nesta data, este sócio procedeu também ao pagamento do imposto de SISA no montante de 5.000.
- Os restantes sócios liberaram o capital através de numerário.
- As despesas com a constituição, pagas por um dos sócios, foram de 2.000 €, não se esperando benefícios económicos futuros.

Pede-se: Escriture a constituição desta sociedade.
2. Em 28 de Dezembro de X0 foi constituída,por escritura pública, a sociedade anónima B, com um capital subscrito por cinco promotores, no total de 50.000.


A subscrição e liberação do capital, por parte dos cinco promotores, é aquela que seguidamente se apresenta:


|Entradas |Sócio A |Sócio B |Sócio C |Sócio D |Sócio E |


(x) Considere que oterreno vale 25% do valor total


Outras informações:
- O imposto de IMT (SISA), na quantia de 1.500 € foi suportada pelo sócio A
- As despesas com a constituição foram pagas pelo sócio A, na quantia de 1.000 €.
Pede-se:
Proceda à escrituração da constituição da empresa B.

3. A sociedade Se-Não-Estudo, SA tem um capital próprio de 120.000 € e capital social ou legal de 100.000 €(constituído por 100.000 acções com valor nominal de 1 €).

- Por deliberação da Assembleia, reunida em Janeiro de X0, procedeu-se ao aumento do capital social para 150.000 € por emissão de novas acções (com um valor nominal de 1€) a subscrever por novos accionistas. A escritura foi celebrada nesse mês.
- As novas acções vão ser emitidas pelo valor contabilístico
- A liberação será efectuadana data da subscrição por entregas de dinheiro

Pede-se:
a) Determine o valor contabilístico das acções antes do aumento de capital.
b) Determine o prémio a cobrar na emissão das novas acções.
c) Escriture a emissão do novo capital social.

4. A sociedade Olaré, SA com um capital social ou legal de 200.000 é constituída por 200.000 acções com um valor nominal de 1.
À data de1 de Janeiro de X0 um dos accionistas pretende sair da sociedade e vender as acções que detêm (10.000 acções) que a empresa se compromete a adquirir em conformidade com o seu pacto social.
À referida data os elementos que compõem o capital próprio e a respectiva quantia são os que a seguir se apresentam:













- Segundo acordado a quantia a pagar pelas acções...
tracking img