Scilab livro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 143 (35539 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
© 2008, 2011 L. S. Barreto – Iniciação ao Scilab

1

Iniciação ao Scilab
Segunda edição

Luís Soares Barreto

© 2008, 2011 L. S. Barreto – Iniciação ao Scilab

Sem texto

2

© 2008, 2011 L. S. Barreto – Iniciação ao Scilab

3

Iniciação ao Scilab

© 2008, 2011 L. S. Barreto – Iniciação ao Scilab

Sem texto

4

© 2008, 2011 L. S. Barreto – Iniciação ao Scilab

5Iniciação ao Scilab

Luís Soares Barreto
Professor Catedrático Jubilado
do Instituto Superior de Agronomia,
Lisboa, Portugal

Segunda edição

© 2008, 2011 L. S. Barreto – Iniciação ao Scilab

6

© Luís Soares Barreto, 2008, 2011

INICIAÇÃO AO SCILAB
Segunda edição
Edição do autor
Texto conforme a nova ortografia
Prof. Doutor Luís Soares Barreto
Av. do Movimento das ForçasArmadas, 41 – 3D
PT-2825-372 Costa de Caparica
Portugal

Este “e-book” é freeware, mas não é do domínio público.
Pode ser divulgado livremente, respeitada a sua autoria e
direitos conexos, desde que o seja na sua totalidade, mas
não pode ser comercializado. Quem o utilizar fá-lo
totalmente por sua conta e risco, e não me pode ser
imputada nenhuma responsabilidade, de nenhuma natureza
e aqualquer título, por pretensos inconvenientes resultantes
da sua utilização.

Com os melhores cumprimentos

© 2008, 2011 L. S. Barreto – Iniciação ao Scilab

7

Para a Sandra Isabel,
que trouxe à minha atenção
vário software de fonte aberta e livre,
com terna gratidão

© 2008, 2011 L. S. Barreto – Iniciação ao Scilab

Sem texto

8

© 2008, 2011 L. S. Barreto – Iniciação aoScilab

9

“Grande, todo-poderosa, todo aperfeiçoadora, e divina é a força do
número, começo e governante da vida divina e humana,
participante de tudo. Sem número, tudo é confuso e obscuro”
Filolau de Cretona, filósofo pitagórico, séc. V a. C.
“Não acreditamos que no mundo físico exista alguma coisa
não-matematizável.”
P. J. Davis e E. R. Hersh. Descarte’s Dream: The World According
toMathematics.
Traduzido em Davis e Hersh (1997:30)

Luís Soares Barreto, engenheiro silvicultor, M.F., Ph. D. (Duke
University, E.U.A.), é professor catedrático jubilado do Instituto
Superior de Agronomia, da Universidade Técnica de Lisboa,
tendo anteriormente exercido atividade na investigação e
ensino superior, em Moçambique. É o único português que
estabeleceu uma teoria científica.Começou por criar uma
teoria, de carácter sintático, dedutivo-matemático, abrangendo
de forma unificada povoamentos florestais puros e mistos, tanto
regulares como irregulares, sendo a única disponível, com esta
abrangência, neste domínio. Em 2005, apresentou uma
construção do mesmo tipo no âmbito da ecologia teórica, de
que a primeira passou a ser um caso particular. É sócio
honorário daAssociação Portuguesa de Engenheiros do
Ambiente por ter concebido, instalado, e consolidado a primeira
licenciatura em engenharia do ambiente, em Portugal, na
Faculdade de Ciências e Tecnologia, da Universidade Nova de
Lisboa, em 1977, onde prestou colaboração graciosa durante
cerca de oito anos. A sua lista de textos didáticos, científicos,
técnicos e de comunicações a várias reuniões científicasultrapassa as duas centenas. Exerceu atividade de consultoria
no âmbito das engenharias do ambiente e florestal.

© 2008, 2011 L. S. Barreto – Iniciação ao Scilab

10

Trabalhos recentes do autor
Conceitos e Modelos da Dinâmica de uma Coorte de Árvores. Aplicação ao Pinhal. “ebook”. 2ª edição. Instituto Superior de Agronomia, Lisboa, 2004.
Pinhais Bravos. Ecologia e Gestão. “e-book”.Instituto Superior de Agronomia, Lisboa,
2004.
Theoretical Ecology. A Unified Approach. “e-book”. Costa de Caparica, 2005.
The Stochastic Dynamics of Self-Thinned-Pure Stands . A Simulative Quest. Silva
Lusitana, 14(2):227-238, 2006.
The Changing Geometry of Self-Thinned Mixed Stands. A Simulative Quest. Silva
Lusitana, 15(1):119-132, 2007.
The Reconciliation of r-K, and C-S-R Models for...
tracking img