Saude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3744 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
COMO CUIDAMOS DE UMA PUÉRPERA COM PUERPÉRIO NORMAL?
A puérpera necessita uma higiene correta e uma vigilância medica especial.
A vigilância da puérpera significa vigiar os seguintes parâmetros:
1. O controle da temperatura de manha e ao anoitecer – normalmente ela tem que oscilar em volta de 36,5 – 37,5o
2. O controle do pulso (normal entre 50-70/minuto). ATENÇÃO !!!!! O pulsoacelerado, em ausência da febre avisa sobre alguma coisa anormal.
3. O controle da TA
4. A altura do fundo do útero – ele tem que diminuir com 1 - 1,5 cm /dia, isto é, na 12-a dia ele tem que voltar a ser um órgão pélvico
5. ATENÇÂO aos lóquios!!! Anotar diário o volume, a cor, o cheiro
6. A função excretora e o volume da urina, diário, também. ATENÇÃO!!!! Se depois 4 horas apuérpera ainda não urinou, tem que usar um cateter urinário, obrigatório, COM DEZ VEZES MAIS CUIDADO PARA NÃO PRODUZIR INFECÇÕES URINÁRIAS ASCENDENTES.
7. O transito intestinal – se a puérpera não evacuou em 48 horas ela vai receber um laxante leve. Se a puérpera sofreu episiotomia, ela vai receber obrigatoriamente um laxante no terceiro dia
8. Tem que fazer toalete vulvo-perineal cada12 horas, usando soluções anti-sépticos, e a região vai ser protegida com um chumaço de gaze estéril e seco.
9. Se for possível, a mobilização da puérpera tem que ser feita mais precocemente possível – numerosos estudos mostraram um melhoramento em recuperação quando a puérpera mobiliza-se rápido. As vantagens são a incidência muito menor das complicações tromboembólicas da constipação eurinarias.
10. A puérpera vai descer desde o primeiro dia da cama e vai fazer a higiene pessoal
11. No segundo dia vai começar a fazer exercícios respiratórios, movimentos das mãos e massagens das pernas. Ela já vai na sala de aleitamento e amamenta o nenê.
12. Em partindo com o terceiro dia a puérpera vai a ginástica medical para recuperar o tônus da musculatura abdominal e dosmembros
13. A dieta: tem que ser sem restrições, caso que outras doenças de nutrição não ser presentes. Tem autores que recomendam já a alimentação e a reidratação das grávidas uma hora após o parto, se tudo evoluiu sem complicações.
14. Primeiro dia – alimentação liquida: chá, leite, compotas, sucos de frutas
15. Segundo dia passara já a uma alimentação normal, mas vai evitar acarne conservada o álcool, o café, temperos fortes.
16. Se a puérpera amamentar, ela tem que ter uma dieta rica em calorias.
17. Os seios – cuidado com os seios, porque a amamentação e muito importante para surpreender a aparição dos eventuais lesões dos mamilos. (fissuras, rachaduras)
18. O leite ao secar age como se fosse um corrosivo, e determina a aparição dessas lesões,por isso – a mulher tem que lavar com água e sabão o mamilo antes e depois cada amamentação. Muito bom, também e o acido bórico ou tintura benzoica antes e depois amamentar.
19. Cada 3-4 horas tem que ser feita a evacuação do seio, para evitar a sobrecarga de leite e manter a secreção do leite.
20. Se aparecer rachaduras ou fissuras a amamentação vai ser proibida por mínimo 24 horas, aevacuação sendo feita artificialmente, com medidas drásticas de anti-sepsia e assepsia
21. O recomeço da menstruação, depois 6-8 semanas para puérperas  que não amamentam e somente depois parar de amamentar para aquelas que amamentam
1. RESUMO
Durante o período gestacional a mulher passa por diversas transformações tanto físicas quanto psicológicas. No puerpério essas alterações retornamao seu estado pré-gravídico e nesta fase a mulher precisa de atendimento especializado. Neste sentido a enfermagem é de grande importância, visto que é um profissional com qualificação teórico ? pratica para prestar os cuidados necessários a uma boa evolução da puérpera. . O conteúdo deste artigo é resultante de pesquisa bibliográfica e tem por objetivo analisar a importância da assistência de...
tracking img