Saude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2796 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
COMPRIMIDOS
vantagens
Maior conforto ao paciente e maior aceitação da terapia;
Mascara de forma mais eficiente sabores desagradáveis de alguns fármacos;
Maior estabilidade; Precisão de dosagem; Possibilidade de se modular a biodisponibilidade
Estabilidade mecânica, química e microbiológica maiores.

Desvantagens
Existência de fármacos não compressíveis;Comprometimento da biodisponibilidade de fármacos com baixa solubilidade intrínseca;
Necessidade de revestimento para fármacos oxidáveis e de sabor muito desagradável;
Custo relativamente alto dos excipientes de compressão direta.

Compressão direta
na compressão direta, busca se aproveitar às características da mistura de pós em termos de sua deformação plástica e fratura, de forma a seobter comprimidos pela compressão direta da mesma. Neste caso, não se utiliza nenhum tipo de processamento prévio para a compressão.
acido bórico, borato de sódio, urotropina, iodeto de potássio
Na compressão direta:
-Menor número de etapas, mais rápido e mais fácil de validar;
-Gera menos pó;
-Dispensa a secagem; Mnimiza problemas de polimorfismos, degradação de fármacos instáveise gasta-se menos energia;
-Menor número de operações de limpeza e fabricação (menor custo horas/homem);
-Provavelmente, melhor biodisponibilidade e menores incompatibilidades
Por outro lado:
-Matérias-primas excipientes e ativos restritos à alguns fornecedroes – maior reprodutibilidade;
-Produtos diretamente compressíveis raros;
-Comprimidos mais friáveis e menos robustos.GRANULAÇÃO POR VIA SECA

Indicada para produtos termossensíveis ou facilmente hidrolisáveis: usa força mecânica como forma de aumentar a coesão interpartículas.Vitaminas,Alguns hormônios,-Efervescentes
Granulação por via úmida:
Indicado para fármacos termo-resistentes e de elevada bio-disponibilidade.Pode ser uma técnica indicada para estabilizar fármacos de elevada higroscopia.
Na GranulaçãoTemos como vantagens:
-Comprimidos mais duros;
-Matérias-primas mais baratas e maior variedade;
-Maior independencia das características macroscópicas do fármaco, especialmente para comprimidos de alta dosagem (características físico-mecânicas);
-Comprimidos menores;
- Granulado mais homogêneo.
Por outro lado temos:
- Maior comprometimento de biodisponibilidade;
-Mais etapas, mais difícil devalidar;
-Mais susceptível a contaminação cruzada;
-Probabilidade de observar contominação microbiana.

EXCIPIENTES:

Funções básicas de um excipiente farmacêutico:
Otimizar a estabilidade
Modular ou incrementar a biodisponibilidade
Otimizar o processo de manufatura
No que tange a estabilidade temos :
Anti-oxidantes;
Agentes quelantes;
Conservantes;Estabilizantes;
Tampões;
Modificadores do pH;
Revestimentos.

No que tange a biodisponibilidade/absorção:
Disintegrantes;
Plastificantes;
Matrizes de liberação modificada;
Molhantes;
Bio-adesivos;
Revestimentos/encapsulamento.


Diluentes: solúveis , insolúveis ou mistos. Solúveis: lactose, sacarose (dissolução lenta e oxidação – reação de maylard), cloretode sódio (ataca as punções ), manitol e outros derivados de açúcares como o lactitol, o isomalt e produtos similares.
insolúveis: são os mais utilizados, tendo como representantes principais o amido (normal e gelatinizado) , a celulose micro cristalina (avicel) e o fosfato de cálcio.

Adsorventes: utilizados para fixar produtos voláteis e absorver água do produto a ser comprimido. Protegemfármacos higroscópicos ou hidrolisáveis. Deve se utilizar para este fim, o dióxido de silício coloidal, como o aerosil e o levilite (absorvem 200 vezes seu peso em água). Este derivado de silica é obtido por pirólise ou por reações químicas sendo muito tênue e de tamnaho extremamente reduzido, o que leva a uma elevada área superficial.

Aglutinantes: empregados para agregar substâncias não...
tracking img