Saude publica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2946 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO SOBRE SAÚDE PÚBLICA

TÓPICOS : Introdução
Conceitos de saúde pública
Custo e promoção da saúde pública
Saúde pública sem compromisso
Saúde sem metas é um caos
Negligência da saúde pública

Aluna: Elizângela Rosa de Oliveira.

Introdução

Nesta leitura, pretendo mostrar os conceitos básicos em saúde pública, o custo, o atendimento, o compromisso, a falta de metas e asnegligências , além de algumas doenças que poderiam ser controladas ou evitadas com uma boa politica de saúde. Ao final, alguns comentários.

Conceitos de saúde pública

A Medicina conceitua a doença , individualizando a causalidade etiológica. Essa recorre aos métodos empírico-analíticos (estrutural-funcionalistas), e admite possibilidades de melhoras pontuais e graduais capazes de serdescritas (enquanto patologia) e/ ou quantificadas (avaliação da eficácia terapêutica).A saúde pública centra sua ação a partir da ótica do Estado com os interesses que ele representa nas distintas formas de organização social e política das populações. Na concepção mais tradicional, é a aplicação de conhecimentos (médicos ou não), com o objetivo de organizar sistemas e serviços de saúde, atuar em fatorescondicionantes e determinantes do processo saúde-doença controlando a incidência de doenças nas populações através de ações de vigilância e intervenções governamentais.

Custo e promoção da saúde pública

O padrão de desenvolvimento cientifico e tecnológico e a organização da atenção, são sob a lógica de mercado, direcionada para a cura de doenças e centrada na prática médica realizada,constituíram formas de produção e consumo de serviços de saúde que tiveram como consequências a elevação de custos, o baixo impacto na saúde da população, a grande especialização e o aumento das barreiras de acesso. Dessa forma, a Promoção da Saúde apresenta críticas ao modelo biomédico e proposições para a reorientação dos modelos de atenção a saúde, buscando intervir sobre os determinantes da saúde ebasear suas ações de acordo com as premissas da intersetorialidade (PASCHE&HENNINGTON, 2006).
O desenvolvimento de programas de Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças tem como objetivo a mudança do modelo assistencial vigente no sistema de saúde e a melhoria da qualidade de vida dos beneficiários de planos de saúde, visto que grande parte das doenças que acomete a população épassível de prevenção.Todo este esforço tem sido realizado no sentido de implementar modelos de atenção baseados na produção do cuidado, respondendo dessa forma à necessidade da integralidade da atenção à saúde. Nessa direção, o setor suplementar deve se tornar um ambiente de produção de ações de saúde nos territórios da promoção, proteção, recuperação e reabilitação da saúde dos indivíduos, com oestabelecimento de vínculo entre profissional de saúde e beneficiários e, principalmente, responsabilização das operadoras pela gestão da saúde de seus beneficiários .

Saúde pública sem compromisso

Falta de médicos de saúde pública já é uma realidade e está focada nas funções erradas. Por isso, a vigilância de doenças e as ameaças à saúde não estão a ser devidamente acauteladas. Quando háproblemas ou crises, a resposta é “semelhante à de uma urgência”.
A vigilância de doenças e ameaças à saúde não está a ser devidamente acautelada no País. Especialistas dizem que estas são as suas funções mais importantes, mas que estão a ser colocadas em segundo plano, porque os médicos estão a fazer “tarefas burocráticas e com menor impacto na saúde das populações”, diz Pedro Serrano, do colégio daespecialidade de saúde pública da Ordem dos Médicos (OM). “As ameaças têm sido encaradas, mas como se estivéssemos numa urgência”, diz. Esta área é ainda uma das menos escolhidas pelos internos. Perto de 176 vagas ficaram livres desde 2001, a que se junta o problema de muitos internos desistirem a meio.
Tal como acontece noutras especialidades, a saúde pública sofre com a má distribuição de...
tracking img