Saude da Familia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1892 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Dominus de Educação
Enf. Fernanda Carla

Programa Saúde da Família

Saúde da Família é entendida como uma
estratégia de reorientação do modelo assistencial,
operacionalizada mediante a implantação de
equipes multiprofissionais em unidades básicas de
saúde.
 Iniciada em 1991 com o PACS (Programa de
Agentes Comunitários de Saúde) .
 Representa uma “porta de entrada”.
 Éo primeiro contato com os serviços de saúde.
 Organiza os serviços de referência e contrareferencia para os diferentes níveis de atenção.

Um pouco de história





Naturalmente existem várias concepções sobre a Medicina
de Família, sua origem nos remete à década de 70, quando
essa proposição chegou a faculdades de medicina da
América Latina como reforma curricular como reação àtendência à especialização e conseqüente desumanização
do atendimento.
Várias tendência podem ser identificadas nessas
concepções desde sua vinculação a uma reforma social e
de estado como aconteceu com a medicina de família de
Cuba e na China que propôs os conhecidos
médicos de pés descalços até a proposição dos países
industrializados de saúde comunitária passando
necessariamente peloFamily Practice da reforma do
sistema de saúde da Inglaterra do pós guerra que é foi
considerado um modelo de acesso universal adotado por
muitos outros países.

Atendimento


O atendimento é prestado na unidade
básica de saúde ou no domicílio, pelos
profissionais (médicos, enfermeiros,
técnicos (auxiliares) de enfermagem e
agentes comunitários de saúde) que
compõem as equipes deSaúde da Família.

Equipe


Cada



Conhecer a realidade das famílias pelas quais é
responsável, por meio de cadastramento e diagnóstico
de suas características sociais.
Identificar os principais problemas de saúde e situações
de risco aos qual a população que ela atende está
exposta.
Elaborar, com a participação da comunidade, um plano
local para enfrentar os determinantes doprocesso
saúde/doença.
Prestar assistência integral, respondendo de forma
contínua e racionalizada à demanda, organizada ou
espontânea, na Unidade de Saúde da Família, na
comunidade, no domicílio e no acompanhamento ao
atendimento nos serviços de referência ambulatorial ou
hospitalar.
Desenvolver ações educativas e intersetoriais para
enfrentar os problemas de saúde identificados.







equipe

é

capacitada

para:

A Saúde da Família como estratégia estruturante
dos sistemas municipais de saúde tem
provocado um importante movimento com o
intuito de reordenar o modelo de atenção no
SUS. Busca maior racionalidade na utilização
dos demais níveis assistenciais e tem
produzido resultados positivos nos principais
indicadores de saúde das populações assistidasàs equipes saúde da família.

O trabalho de equipes da Saúde da Família é
o elemento-chave para a busca permanente de
comunicação e troca de experiências e
conhecimentos entre os integrantes da equipe e
desses com o saber popular do Agente
Comunitário de Saúde. As equipes são
compostas, no mínimo, por um médico de
família, um enfermeiro, um técnico (auxiliar) de
enfermagem e até 12agentes comunitários de
saúde (em número máximo de 750 pessoas por
acs. Quando ampliada, conta ainda com: um
dentista, um auxiliar de consultório dentário e
um técnico em higiene dental e Nasf.

Objetivos do PSF









Prestar assistência integral, contínua, com
resolutibidade e boa qualidade às necessidades
de saúde da população.
Intervir nos fatores de risco á população.Humanizar as práticas de saúde através do
estabelecimento de um vínculo entre os
profissionais de saúde e a população.
Contribuir para a democratização do
conhecimento do processo saúde/doença,da
organização dos serviços e da produção social
da saúde.
Estimular a organização da comunidade para o
efetivo exercício do controle social.

   Cada
equipe
se
responsabiliza
pelo...
tracking img