Sartes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1431 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA BAHIANA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA
CURSO: TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO – SGT
DISCIPLINA: ESTÁTISCA E SEGURANÇA NO TRÂNSITO E TRANSPORTE – STT
PROFESSOR: PAULO SOBREIRA
ALUNA: ANDREIA LIMA CORREIA


COM FOCO NO CAPÍTULO III DAS NORMAS GERAIS DE CIRCULAÇÃO E CONDUTA DO CÓDIGO NACIONAL DE TRÂNSITO BRASILEIRO – CTB, RESPONDA:

Que medidas devem ser adotadas por todos osusuários das vias terrestres?

Segundo as normas gerais de circulação e condutas do código de trânsito brasileiro exposto no Artigo 26, as medidas que devem ser adotadas por todos os usuários das vias terrestres são abster-se de todo ato que possa constituir perigo ou obstáculo para o trânsito de veículos, de pessoas ou de animais, ou ainda causar danos a propriedades públicas ou privadas e/ouabster-se de obstruir o trânsito ou torná-lo perigoso, atirando, depositando ou abandonando na via objetos ou substâncias, ou nela criando qualquer outro obstáculo.

O que deverá ser feito pelo condutor de veículos, antes de colocar o veículo em circulação nas vias públicas?

Com base no Artigo 27, do Código de trânsito, o que deve ser feito pelo condutor de veículos, antes de colocar oveículo em circulação nas vias públicas é que o condutor deverá verificar a existência e as boas condições de funcionamento dos equipamentos de uso obrigatório, bem como assegurar-se da existência de combustível suficiente para chegar ao local destino.

3) Admitidas as exceções devidamente sinalizadas, como será feita a circulação dos veículos na via?

Segundo o Artigo 29, do Código detrânsito, as exceções devidamente sinalizadas, a circulação dos veículos na via serão feitas das seguintes maneiras:

I – a circulação far-se-á pelo lado direito da via, admitindo-se as exceções devidamente sinalizadas;

II – o condutor deverá guardar distância de segurança lateral e frontal entre o seu e os demais veículos, bem como em relação ao bordo da pista, considerando-se, no momento, avelocidade e as condições do local, da circulação, do veículo e as condições climáticas:

III – quando veículos, transitando por fluxo que se cruzem, se aproximarem de local não sinalizado, terá preferência de passagem:

a) no caso de apenas um fluxo ser proveniente de rodovia, aquele que estiver circulando por ela;
b) nos demais casos, o que vier pela direita do condutor;

IV – quandouma pista de rolamento comportar várias faixas de circulação no mesmo sentido, são as da direita destinadas ao deslocamento dos veículos mais lentos e de maior porte, quando não houver faixa especial a eles destinada, e as da maior velocidade;
V – o trânsito de veículos sobre passeios, calçadas e nos acostamentos, só poderá ocorrer para que se adentre ou se saia dos imóveis ou áreas especiais deestacionamento;

VI – os veículos precedidos de batedores terão prioridade de passagem, respeitadas as demais normas de circulação;

VII – os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência e devidamenteidentificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente, observadas as seguintes disposições:

a) quando os dispositivos estiverem acionados, indicado a proximidades dos veículos, todos os condutores deverão deixar livre a passagem pela faixa da esquerda, indo paraa direita da via e parando, se necessário;

b) os pedestres, ao ouvir o alarme sonoro,deverão aguardar no passeio, não atravessando a via quando o veículo já tiver passado pelo local;

c) o uso de dispositivos de alarme sonoro e de iluminação vermelha intermitente só poderá ocorrer quando da efetiva prestação de serviço de urgência;

d) a prioridade de passagem na via e no cruzamento deverá se dar com velocidade reduzida e com os devidos cuidados de segurança, obedecidas as...
tracking img