Saramago

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 241 (60192 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1

a viagem do elefante

2

obras do autor publicadas pela Companhia das letras o ano da morte de Ricardo Reis o ano de 1993 a bagagem do viajante Cadernos de lanzarote Cadernos de lanzarote 11 a caverna o conto da ilha desconhecida don giovanni ou o dissoluto absolvido ensaio sobre a cegueira ensaio sobre a lucidez o evangelho segundo Jesus Cristo História do cerco de lisboa o homemduplicado in nomine dei as intermitencias da morte a jangada de pedra a maior flor do mundo manual de pintura e caligrafia objecto quase as pequenas memórias Que farei com este livro? todos os nomes viagem a Portugal a viagem do elefante

3

Copyright © 2008 by José Saramago Capa: Hélio de almeida sobre Carnaval ou Cosmogonie (1959), gravura em metal, goiva, de arthur luiz Piza, 59,6 x 46,5 cm.Coleção museu de arte moderna de São Paulo — mam Reprodução: Rômulo fialdini Revisão: Carmen S. da Costa Por desejo do autor, foi mantida a ortografia vigente em Portugal os personagens e situações desta obra são reais apenas no universo da ficção; não se referem a pessoas e fatos concretos, e sobre eles não emitem opinião dados internacionais de Catalogação na Publicação (cip) (CâmaraBrasileira do livro, SP, Brasil) Saramago, José a viagem do elefante : conto / José Saramago. — São Paulo : Companhia das letras, 2008. iSBn 978-85-359-1341-5 1. Contos portugueses 1. título. 08-09602 Cdd-869.3 Índice para catálogo sistemático: 1. Contos : literatura portuguesa 869.3 2008 todos os direitos desta edição reservados à editora schwarcz ltda. Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32 04532-002 — SãoPaulo — sp telefone: (11) 3707-3500 fax:(11)3707-3501 www. companhiadasletras.com.br

JoSÉ SaRamago a viagem do elefante Conto 1ª reimpressão

4

Se gilda lopes encarnação não fosse leitora de português na Universidade de Salzburgo, se eu não tivesse sido convidado para ir falar aos alunos, se gilda não me tivesse convidado para jantar no restaurante o elefante, este livro não existiria.foi preciso que os ignotos fados se conjugassem na cidade de mozart para que eu pudesse ter perguntado: «Que figuras são aquelas?» as figuras eram umas pequenas esculturas de madeira postas em fila, a primeira das quais, olhando da direita para a esquerda, era a nossa torre de Belém. vinham a seguir representações de vários edifícios e monumentos europeus que manifestamente enunciavam umitinerário. foi-me dito que se tratava da viagem de um elefante que, no século Xvi, exactamente em 1551, sendo rei d. João iii, foi levado de lisboa a viena. Pressenti que podia haver ali uma história e fi-lo saber a gilda encarnação lopes. ela achou que sim, ou que talvez, e prontificou-se para me ajudar a obter a indispensável informação histórica. o livro resultante está aqui e deve muito, muitíssimo, àminha providencial companheira de mesa, a quem venho exprimir publicamente os meus mais profundos agradecimentos e também a expressão da minha estima e do meu maior respeito. José Saramago

5

A Pilar, que não deixou que eu morresse

6

Sempre chegamos ao sítio aonde nos esperam.

o livro dos itinerários

7

Por muito incongruente que possa parecer a quem não ande ao tento daimportância das alcovas, sejam elas sacramentadas, laicas ou irregulares, no bom funcionamento das administrações públicas, o primeiro passo da extraordinária viagem de um elefante à áustria que nos propusemos narrar foi dado nos reais aposentos da corte portuguesa, mais ou menos à hora de ir para a cama. Registe-se já que não é obra de simples acaso terem sido aqui utilizadas estas imprecisaspalavras, mais ou menos. deste modo, dispensámo-nos, com assinalável elegância, de entrar em pormenores de ordem física e fisiológica algo sórdidos, e quase sempre ridículos, que, postos em pelota sobre o papel, ofenderiam o catolicismo estrito de dom joão, o terceiro, rei de portugal e dos algarves, e de dona catarina de áustria, sua esposa e futura avó daquele dom sebastião que irá a pelejar a...
tracking img