Sao vol.5

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8949 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Capítulo 1

— Bem vindo, mesa para um? Enquanto o garçom se curvava respeitosamente, respondi que procurava por alguém e varri o amplo espaço da lanchonete com os olhos. De um assento ao lado da janela, uma voz alta e sem qualquer discrição me chamou. — Ei, Kirito-kun, aqui! Uma elegante musica clássica envolvia o ambiente, e o discreto som de conversas agradáveis desapareceu completamente uminstante após minha chegada, todos os olhares carregados de desaprovação se concentraram em mim. Vestido em minha velha jaqueta de couro e jeans remendados, cerca de 80% dos fregueses do estabelecimento — mulheres de classe alta descansando das compras — pareciam sentir que eu estava no lugar errado. Comecei a sentir uma ponta de ressentimento surgindo bem no fundo em relação à pessoa que meconvidara para esse lugar. Se fosse uma garota doce e atraente, eu até seria capaz de suportar isso, mas infelizmente a mão que acenava para mim pertencia a um homem em roupas sociais. Não me preocupei em esconder meu desgosto e sentei-me em minha cadeira de forma grosseira produzindo um som dosun. Um garçom apareceu do meu lado trazendo um copo de água fria e uma toalha de mão aquecida, junto com omenu. Enquanto estendia minha mão para pegar o elegante cardápio com capa de madeira e couro, uma voz animada se pronunciou do outro lado da mesa. — É por minha conta dessa vez, então peça o que quiser. — Eu faria isso mesmo que você não dissesse. Respondi rispidamente e passei meus olhos pelo menu; surpreendentemente, o item mais barato «Choux à la Crème»1 já estava na casa dos 1200 ienes2, e euquase pedi um café
1

Sonho de Creme

1 Light Novel Project

simples por puro reflexo. Após lembrar que esse homem era um burocrata muito bem pago, e que o preço desse lanchinho seria pago como despesa de negócios com o dinheiro suado dos contribuintes, eu, que quase fizera papel de idiota, comecei a fazer meu pedido calmamente. — Aah… vou querer o parfait au chocolat… e um mille-feuille… epor último um hazelnut coffee3. De alguma forma, consegui fazer o pedido sem morder minha língua apesar de não ter qualquer ideia do que tinha acabado de pedir. O total do pedido foi três mil e novecentos ienes4. Eu havia considerado pedir um hambúrguer e um milk-shake e usar a diferença para dar algum enchimento ao meu bolso. — Voltarei com seu pedido em breve, senhor. Garçom-shi5 fez sua saídaelegantemente e, após finalmente respirar fundo, olhei para o homem, Kikuoka Seijirou, enquanto ele comia seu gigantesco pudim empilhado em uma montanha de creme de leite. Seu rosto lembrava o de um tipicamente sério e rígido professor de língua japonesa, com seus óculos de armação preta e cabelo viscoso de tanto gel. Apesar de não parecer, ele era um oficial do governo japonês. Pertencia aoMinistério de Assuntos Internos e Tecnologia de Comunicação, Segunda Seção da Divisão de Rede Avançada, ou, como é conhecida dentro do ministério, o Setor de Gestão de Armazenamento Virtual da Divisão de Gestão de Rede de Comunicação, a «Divisão Virtual». Em outras palavras, esse homem monitorava o estado de caos no novo mundo de VRs, como um agente do Estado… ou um potencial bode-expiatório. Normalmente,eu me sentiria mal se ele realmente fosse despedido de seu cargo, mas na verdade, eu achava isso bastante possível. Esse mesmo azarado Kikuoka-shi, após ter desaparecido com o último pedaço de pudim em sua boca, me encarou revelando um sorriso inocente de pura felicidade estampado em seu rosto.
2

Aproximadamente R$ 30,29… Ei, pelo menos eles estão usando doces em vez de armas para roubar aspessoas, já é alguma coisa. 3 Ele pediu uma torta de chocolate, um bolo folheado com recheio de creme e café com noz de avelã… ok, também não tenho certeza desse último. 4 R$ 98,36 Aproximadamente. 5 “-shi” é uma forma mais formal de “-san”.

2 Light Novel Project

— Yah, Kirito-kun, desculpe por te chamar tão de repente. — Se sente algum remorso, não deveria ter me convidado para o Ginza...
tracking img