Santos, leila lima – textos de serviço social –

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3023 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNICSUL
UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL


TEXTOS DE SERVIÇO SOCIAL

Início a conclusão deste trabalho com um resumo completo do texto, após fazer um apontamento de todos os pontos apresentados de acordo com a visão da autora.
É possível, através deste texto, verificar a importância da autora Leila Lima Santos por sua decisiva contribuição ao processo derenovação crítica do Serviço Social no Brasil e na América Latina, em especial nas décadas de 1970 e 1980. E dentro desse contexto tratamos de reinterpretar o papel da nossa profissão e sua inserção na sociedade. A experiência de BH permitiu uma tomada de consciência sobre a dimensão política da intervenção profissional, durante os movimentos de mudança social e política reconhecendo que estemovimento mostrou um caminho para uma nova formação dos assistentes sociais, estimulando um dialogo com outros cientistas sociais. Desta forma, conseguiu romper e superar os clássicos e tradicionais modelos de um Serviço Social meramente assistencialista e conservador, e deu seu primeiro salto qualitativo da profissão, se lançando em novas dimensões.
Analisando a segunda parte do texto, temos com pontode partida para análise a Experiência, que deixa claro todos os critérios analisados para escolha da área definida para atuação. Dentre eles, estão:
Atuação junto á população com maior potencial de transformação, interiorização dos campos de estágio, atuação em obras mais amplas e abertas, atuação sobre uma realidade mais ampla e não apenas sobre problemas isolados, áreas de atuação quepermitam a realização dos objetivos definidos, quais sejam: elevação do nível de consciência, organização e capacitação, a realização de uma prática teórica.
Levando-se em consideração, tais critérios é que concluíram que Itabira seria a cidade escolhida como área prioritária de atuação profissional, e por este motivo, passaria a receber a intervenção da Escola de Serviço Social. Os estágios forampermitidos através de entidades como os CONSIOS, L.B.A e Escola de Serviço Social da Universidade Católica de Minas Gerais, e a equipe que exercia tal trabalho era composta por três estagiárias acadêmicas, um professor orientador e um supervisor da L.B.A.
Após a escolha da cidade de Itabira como área de intervenção, foi necessário escolher os bairros que iriam compor o local de atuação, se utilizandoo critério de maior poder multiplicador, e logo após, estes bairros foram subdivididos em duas categorias, sendo elas a população ligada a C.R.V.D e aquelas que não eram diretamente ligadas a C.R.V.D. A diferença utilizada para distinguir esta teoria definia que os bairros ligados a C.R.V.D. embora tivesse sua população operária, estas apresentavam um nível econômico maior pelo fato de sercomposta por operários qualificados, ao contrário de que os bairros não ligados a C.R.V.D. são, formados por operários que na maioria das vezes não possuem qualificação profissional.
As características dos bairros foram adquiridas através do contato com a própria população de Itabira, durante o decorrer do trabalho, utilizando-se os elementos mais sensíveis. Porém, na medida em que se foi obtendo ummaior contato com a população, foi possível obter um conhecimento das características mais essenciais e de maior ênfase daquela população.

Bairros de População Não Ligada a C.V.R.D.
São assim denominados, por serem bairros com infra-estrutura precária, localizados na periferia da cidade, onde o nível de urbanização é considerado baixo, o comércio local é restrito a bares e botequins,os equipamentos sociais existentes são apenas grupo escolar, igreja, telefone público, alto falante, dispensário. Carregam a tipificação de operários não qualificados no sistema de produção, que acaba ocasionando uma desvalorização com relação ao operário da C.V.R.D.
Como conseqüência desta não qualificação, também é possível se notar a dependência destes operários em relação aos...
tracking img