Santo anselmo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1591 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Disciplina: Filosofia


Santo Anselmo:

Anselmo de Cantuária (Aosta, 1033/1034 - Cantuária, 21 de abril de 1109), nascido Anselmo de Aosta (por ser natural de Aosta, hoje na Itália), e também conhecido como Santo Anselmo foi um influente teólogo e filósofo medieval italiano de origem normanda.  É considerado o fundador do escolasticismo e é famoso como o criador doargumento ontológico afavor da existência de Deus.
Viria mais tarde a ser canonizado pela Igreja Católica, e declarado Doutor da Igreja em 1720, pelo Papa Clemente XI. Santo Anselmo nasceu em Aosta, filho de um nobre, e de uma mãe rica, Ermenberga. Seguiu a carreira religiosa, estudou os clássicos e escreveu sempre em latim. Foi eleito prior em 1063, porque era considerado inteligente e piedoso. Sua biografia nos écontada pelo seu discípulo, Eadmero.
Durante a sua vida Santo Anselmo fez muitas obras e em destaques: Monólogio (ou Exemplo de Meditação Sobre o Fundamento Racional da Fé) (1076); Próslógio; O Gramático; A Verdade; A  Liberdade de Arbítrio, Sobre a Queda do Demônio; Epistola Sobre a Encarnação do Verbo; O Mistério da Trindade.  
Anselmo buscava um argumento para provar a existência deDeus, e sua bondade suprema. Fala que a crença e a fé correspondem à verdade, e que existe verdadeiramente um ser do qual não é possível pensar nada maior. Ele não existe apenas na inteligência, mas também na realidade. Anselmo desenvolveu uma linha de pensamento sobre essas bases, chamados de argumento ontológico, que foi retomada por René Descartes e criticada por Immanuel Kant, e ela estava numaobra chamada Proslógio. Ele parte do fato de que o homem encontra no mundo muitas coisas, algumas boas, que procedem de um bem absoluto, que é necessariamente existente. Todas as coisas têm uma causa, menos o ser incriado, que é a causa de si mesmo e fundamenta todos os outros seres. Esse ser é Deus. Seus argumentos não foram totalmente aceitos.
Num dos seus primeiros livros, Monológico, em queapresenta sua visão de Deus, Anselmo fala que a essência suprema existe em todas as coisas e tudo depende dela. Reconhece nela onipotência, onipresença, máxima sabedoria e bondade suprema. Ela criou tudo a partir do nada. Anselmo procurava desenvolver um raciocínio evolutivo sobre o que considerava ser a verdade, que estava contida na Bíblia. Para Anselmo, o pensamento tem algo de divino, e Deustem uma razão.
Para Anselmo, a alma humana é imortal, e as criaturas seriam felizes e infelizes eternamente. Mas nenhuma alma é privada do bem do Ser supremo, e deve buscá-lo, através da fé. E Deus é uno. Para contemplá-lo devemos nos afastar dos problemas e preocupações cotidianos e buscá-lo. Ele é onipotente embora não possa fazer coisas como morrer ou mentir. É piedoso, em parte por serimpassível, o que não o impede de exercer sua justiça, pois ele pensa e é vivo. Anselmo fala muito da crença divina do Pai, do filho e do espírito humano. Grandes coisas esperam por aquele que aceitar Deus e buscá-lo. Santo Anselmo influenciou muito o pensamento teológico posterior.







Explicação de um livro e importância do Santo Anselmo para a história da filosofia:


MONOLÓGIOSanto Anselmo, ao escrever o Monológio, direcionado ao arcebispo Lanfranco de Canterbury, tinha como objetivo transmitir através da sua reflexão por vias sensíveis e racionais, uma concepção lógica sobre a existência de Deus.
Sua obra é merecedora de uma profunda análise que nos leva a uma contemplação ao exercício filosófico feito por Anselmo, enfrentando questões sobre assuntoscomplexos de se chegar á um raciocínio convencional, como a fé, o nada, o tudo, a própria razão e a existência de uma natureza superior a tudo o que existe, assim como a própria criação dessa natureza.
A pessoa que, desejando para si todas as coisas que julga ser boas para si, em determinado momento irá buscar a fonte que produz tudo o que é bom, nessa busca será capaz de descobrir que as coisas...
tracking img