Saneamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1390 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA
DE MINAS GERAIS
INSTITUO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA - IEC











GESTÃO DO SANEAMENTO E MEIO AMBIENTE
Análise do município de Pitangui - MG














Alexandre Maciel de Barros
Valéria Cézar Azevedp Vilaça
Flávio Vinícius de OliveiraProfessor: Dr. Cícero Antônio Nunes Catapreta
Curso: Administração Pública
Disciplina: Gestão do Saneamento e Meio Ambiente

BELO HORIZONTE
2010
Análise da Gestão do Saneamento Básico do
Município de Pitangui - MG
Pitangui
Minas Gerais - MG
Pitangui é uma cidade histórica que teve processo de ocupação no iníciodo século XVII, por bandeirantes paulistas, através das Minas Gerais, principalmente atraídos pelo ouro.
A fama da descoberta do ouro correu célere, atraindo levas de aventureiros. Estava iniciado o povoamento. Pelas encostas do morro e às margens dos cursos d'água ergueram-se as casas, crescendo rapidamente o povoado. Formou-se assim a Vila de Nossa Senhora da Piedade, em 1715.A paróquia foi instituída canonicamente em 1724, sendo padroeira N. S.ª do Pilar de Pitangui. Passados 140 anos da criação da Vila do Infante, a localidade foi elevada à cidade, em 1855.
O Município criado a 9 de julho de 1715, com território desmembrado do de Formiga, sob a denominação de Vila de Nossa Senhora da Piedade. A denominação atual data de 30 de agosto de 1911 (Lei estadualn° 556).
O distrito da sede deve sua criação a Carta Régia de 16 de fevereiro de 1724.
Terra-mãe do Centro-Oeste Mineiro, por ser a cidade mais antiga da região, é berço de mais de 40 municípios de Minas Gerais.
Atualmente Pitangui – MG possui aproximadamente 26.000 habitantes, distribuídos em 25 bairros e zona rural, sendo em torno de 8.500 residências.
Omunicípio tem em uma área de 569,33 m2, sendo que a sede possui ruas estreitas, típica das cidades com do século XVIII e está situado a aproximadamente 130 km de Belo Horizonte em direção ao oeste do Estado de Minas.
[pic]
A cidade conta com os serviços básicos de saúde e educação, sendo uma Santa Casa de Misericórdia e nove Postos de Saúde, no quesito educação o município éatendido por trinta e quatro escolas, dividas em ensino fundamental, médio e pré – escola.
O planejamento para uso e ocupação do solo é uma política urbana recente que ainda está em fase de implantação, o que vai determinar melhorias para as condições de vida da população em um futuro próximo.
A questão do saneamento básico há muito pouco tempo vem sendo tratada como políticapública.
Como cidade histórica, em anos longínquos, livros revelam que a água era distribuída em fontes e chafarizes. Os córregos que cortam a cidade também serviam como fonte de água para todos os usos.
O sistema de abastecimento de água da cidade de Pitangui começou a ser operado pela COPASA em 1998. A água que é distribuída a população é captada nos Rios São João e Pará e tratadaem uma Estação de Tratamento do tipo convencional, onde passa pelos processos de oxidação, coagulação, floculação, decantação, filtração, desinfecção, fluoretação e correção de pH. Hoje a COPASA atende em Pitangui uma população de aproximadamente 21 mil habitantes. A água chega até seus imóveis percorrendo mais de 79 mil metros de redes de distribuição.
Até então, o sistema era geridopela Prefeitura Municipal, através do Departamento de Abastecimento de Água, sendo que, não existia tratamento alguma, somente a captação das nascentes e distribuição por meio de gravidade aos consumidores.
Durante muito tempo tínhamos problemas com falta de água, no período das secas, e água barrenta, suja, no período das chuvas.
O SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DE PITANGUI
[pic]...
tracking img