Saneamento ambiental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1034 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA - UCB
PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO – PRG
CST- GESTÃO AMBIENTAL
DISCIPLINA: SANEAMENTO AMBIENTAL
PROFESSOR: MAURO ROBERTO FELIZATTO
TURMA: NTA

RELATÓRIO DA ANÁLISE DAS AMOSTRAS DE ESGOTO FEITAS EM LABORATÓRIO

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO-----------------------------------------------------------------------------------03OBJETIVO----------------------------------------------------------------------------------------04
MATERIAL UTILIZADO----------------------------------------------------------------------05
PROCEDIMETOS EXPERIMENTAIS-------------------------------------------------------06
RESULTADOS E DISCURÇÃO--------------------------------------------------------------07
CONSIDERAÇÃESFINAIS-------------------------------------------------------------------08

INTRODUÇÃO
Este relatório mostra ao leitor como fazer a análise em laboratório do esgoto tratado na ETE da cidade do Gama – DF.

OBJETIVO
Realizar a análise do esgoto em três diferentes níveis de tratamento, UASB, Afluente e Efluente Final, medindo seus níveis de pH, os sólidos totais da amostra de efluente bem como a sua alcalinidade, os sólidos suspensos fixos e voláteis das três amostras,a turbidez do afluente e Efluente Final e a medição de ortofosfato do Efluente Final.

MATERIAL UTILIZADO
1. CONE DE IMHOFF
2. BURETA
3. BECKER DE 50 ML E 100 ML
4. DESSECARDOR
5. PROVETA DE 100ML
6. BALANÇA ANALÍTICA DIGITAL
7. PISSETA
8. SUPORTE UNIVERSAL
9. CADINHO DE PORCELANA
10. ESTUFA
11. TELA DE AMIANTO
12. FILTRO QUANTITATIVO
13. KITASSATO
14.PINÇA
15. NEFELÔMETRO / TURBIDÍMETRO
16. ÁCIDO SULFÚRICO CONCENTRADO
17. VERDE DE BROMOCRESOL
18. REAGENTE RL DE FOSFATO
19. CUBETA
20. MEDIDOR DE ORTOFOSFATO
21. MEDIDOR DE pH

PROCEDIMENTOS EXPERIMENTAIS
No primeiro dia da realização das análises, foram colocados 1000 ml de Efluente final no Cone de Imhoff para que fosse medida a quantidade de sólidos totais sedimentáveisque por 30 minutos permaneceu imóvel, após este tempo foi girado 360º para uma medição mais exata e permaneceu lá por mais 30 minutos, e ao final deste período foi verificado que não foram encontrados sólidos totais sedimentáveis no Efluente Final. Ao mesmo tempo para determinar a quantidade de sólidos dissolvidos e suspensos das amostras, foram pegos três filtros quantitativos e realizada a pesagemem uma balança analítica digital cujas medidas são: filtro nº 11 com 0,0930g, filtro nº 12 com 0,0911g e por último o filtro nº 18 com 0,0929g. Mediu-se 150 ml da amostra de efluente final em uma proveta graduada pra que passa-se pelo filtro quantitativo nº 11 em um filtro a vácuo, posteriormente mediu-se na proveta graduada 50ml da amostra de UASB que foi filtrada no filtro nº12 e por último foimedida 50ml da amostra de afluente que foi filtrado no filtro quantitativo nº 18. Os filtros foram colocados em cadinhos de porcelana e levados a estufa às 22h e 15 min. e permaneceram lá por 24 horas após este tempo os filtros foram levados à balança analítica digital e pesados novamente e obtiveram os seguintes resultados: filtro nº 12 da amostra de UASB com 0,1046g; filtro nº18 da amostra deAfluente com 0,1044g e o filtro nº11 da amostra de efluente final com 0,0951g. A quantidade de sólidos dissolvidos e suspensos da amostra de UASB foi de 0,0135g, a amostra de Afluente foi de 0,0115g e a amostra de Efluente Final foi de 0,0021g de sólidos dissolvidos e suspensos.
Outro método utilizado foi a calcinação para separar os sólidos totais em voláteis e fixos. Uma quantidade de 200 mlcada amostra foi colocada em um cadinho de porcelana respectivamente e levada a um forno. Através da calcinação são queimados e volatizados todos os sólidos orgânicos, ficando apenas os minerais existentes na amostra. A pesagem final do cadinho fornece o teor de Sólidos Fixos, e da diferença entre os Totais e os Fixos, resultam os Sólidos Voláteis. Foi passado somente os dados dos sólidos totais do...
tracking img