Salto triplo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2505 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
NICOLLY JANINE BATISTA

Análise dos Dados do Salto Triplo e os Diferentes Tipos de Técnica.


Relatório apresentado à disciplina de Atletismo, Curso de Licenciatura em Educação Física, turma X, Setor de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Paraná. Professor: Vidal Palacios.

CURITIBA
2012
Resumo
O objetivo deste estudo foi analisar os dados das diferentes fases do saltotriplo. Através dos dados obtidos, verificar as diferentes técnicas do salto triplo. O parâmetro utilizado foi a estrutura rítmica do salto triplo, ou seja, a relação entre o comprimento das diferentes fases do salto (Hop, Step e Jump) a fim de propiciar um melhor conhecimento a respeito dessa variável e das técnicas de execução.

Introdução
O Salto Triplo
O Atletismo é um esporte com provas decorridas, saltos, lançamentos e provas combinadas, com decatlo e heptatlo (que reúne provas de corridas, saltos e lançamentos) Uma das mais tradicionais provas do atletismo é o salto triplo.
O salto triplo é uma das provas que compõe o grupo de saltos no atletismo, sendo conhecido, junto com a prova salto em distância, como salto horizontal. O objetivo nesse prova é percorrer a maior distânciahorizontal possível após a corrida preparatória em uma sequência de três saltos.
Sua origem data de mais de 2000 anos, pois se sabe que os Celtas, nos seus jogos Tailtianos já a praticavam no século II. A história moderna do salto triplo teve início no final do século XVIII. McNab (1977) e Arnold (1986) citam relatos de disputas realizadas na Grã-Bretanha, em 1794 e 1797. Nessa época, osirlandeses e os escoceses dominavam esta prova. No salto triplo irlandês, os três saltos eram executados sobre a mesma perna (esquerda, esquerda, esquerda ou direita, direita, direita). Depois, na Alemanha, foi desenvolvido o salto triplo com passadas que se sucediam (direito, esquerdo, direito ou esquerdo, direito, esquerdo).
No início dos Jogos Olímpicos modernos (1896) foi oficializada a sequência desaltos (esquerdo-direito ou o inverso). Esta sequência tem a designação inglesa de “hop, Step and Jump”.
De acordo com o regulamento atual, há uma sequência de apoios determinada: os primeiros saltos devem ser realizados com a mesma perna, e o último com a perna contralateral (p.ex.: esquerda-esquerda-direita, ou direita-direita-esquerda) (IAAF Handbook, 2006).

Técnicas do Salto Triplo
Aolongo dos anos, a técnica do salto triplo recebeu diferentes influências. Americanos e australianos obtiveram sucesso no início do século XX, até que os japoneses assumiram posição dominante nos anos 30, estabelecendo diversos recordes mundiais. Naquela época, a prova ainda era chamada, nos Estados Unidos, de Hop, Step and Jump, e não Salto Triplo (JARVER, 1988; HAYES, 2000), evidenciando a funçãodo segundo salto, que era usado como uma transição entre os outros dois, contribuindo pouco para a distância total.
O salto triplo em seus princípios básicos assemelha-se ao salto em distância, porém bem mais complexo e difícil de ser treinado que este.
Este salto se compõe de três partes bem definidas com características próprias. Consiste em executar, após uma corrida de impulsão de 35 a 42metros, três saltos sucessivos, impulsionando-se nos dois primeiros com a mesma perna e no terceiro com a outra perna.
Em todos eles a velocidade e a impulsão estão relacionadas entre si. A queda do primeiro é parte integrante da impulsão do terceiro. Isto é muito importante, pois não se pode nunca executar um primeiro salto ou segundo sem pedir as consequências desta execução no salto seguinte. Osaltador triplo procura evitar perder o mínimo da velocidade entre um salto e outro, o que ocorre com certeza.
A execução dos saltos pode, de modo geral, ser caracterizada da seguinte forma:
· Primeiro salto: predomínio da velocidade.
· Segundo salto: Equilíbrio entre velocidade e impulsão (ambas abaixo do máximo).
· Terceiro salto: Predomínio da força de impulsão.

A CORRIDA
É muito...
tracking img