Saffioti genero e patriarcado resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1355 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A autora Saffioti (2004) analisa gênero a partir da neutralidade das ciências, discutindo o questionamento realizado pelas ciências exatas (ou duras), sobre as ciências sociais e humanas (pejorativamente perfumarias), onde a mesma afirma que os sujeitos pesquisador e pesquisado influenciam na produção científica. Sendo a idéia central de o texto mostrar que apesar da conquista do gênero femininoem ocupar os espaços públicos, privados e nas ciências humanas e sociais; na sociedade, o gênero feminino ainda encontra-se em desigualdades de direitos, perante o gênero masculino, isto devido aos papéis e lugares construídos historicamente a cada gênero; e também á influência do patriarcado (questão formulada pelo pacto contratual). A autora também passa a idéia de: desconstruir a influência dopatriarcado, da violência simbólica e demais desigualdades que as mulheres são vítimas.

 A violência contra a mulher vai muito além da ruptura de qualquer forma de integridade da vitima, seja, física, psíquica, sexual, moral etc.

Questão que devemos ter especial atenção são as discussões teóricas na qual Saffioti estabelece sobre diferentes perspectivas sobre os conceitos degênero existentes.

A autora Saffioti (2004) mostra de maneira clara que a violência e todas as conseqüências que surge com da ocorrência deste fenômeno, ao mostrar os fatos e suas particularidades. Assim, ela diferencia e explica as características e o cenário em que ocorrem principalmente a violência doméstica e intrafamiliar. A experiência da autora e a liberdade com que trata os temastrazem clareza para as pessoas que se interessam pelas temáticas ligadas ao gênero, violência e patriarcado.

O patriarcado é dominação e exploração das mulheres pelos homens, o contrato social da história de liberdade e a dominação não podem ser compreendidos sem a metade perdida da história. Que revela como o direito dos homens sobre as mulheres e criado pelo contrato.

Autoraaponta em diversas passagens do texto, o uso político de uma diferença fundada em argumentos biológicos. Para ela, as pessoas são socializadas para manter o pensamento andrógino, machista, classista e sexista que é estabelecido pelo patriarcado como poder político, naturalizando as diferenças sexuais.




Construções sociais que instituem o feminino e masculino no imaginário e nasrepresentações sociais sobre as desigualdades entre homem e mulher do enfoque que se entende o gênero como uma representação que produz e reproduzem diferenças, dos indivíduos pelo sexo, raça e classe social.

Identificar submissão imposta às mulheres como uma violência simbólica ajuda a compreender como relação histórica cultural. O conceito de gênero existente demonstra de formailusória a neutralidade dos valores ditos Universais. Na sociedade patriarcal na qual vivemos existe uma forte banalização da violência de forma que uma intolerância e até certo incentivo da sociedade para que homens maltratem suas mulheres, fortes razão para o afastamento da mulher dos espaços da política. Com vistas a desnaturalizar construções no imaginário e nas representações, sobretudo naescolha da profissão da mulher que esta sempre ligada as atividades doméstica estratégico da capital que com isso desclassificam e pagam baixos salários e justiça o salário do homem ser maior por conta de serem os provedores dos lares. E é a causa da feminalização da pobreza a relação entre gênero e poder onde produz e reproduz muitos tipos de violência contra a mulher, onde se entrelaçam ascategorias de gênero, classe e etnia.

Segundo as autoras Saffioti e Soihet, as mulheres além de estarem em desigualdade perante os homens, estas sofrem inúmeras violências, desde violências concretas á simbólicas.

Esta forma de violência iniciou-se por volta dos séculos XVI e XVIII. Neste período diminuíram acentuadamente a violência e as agressões físicas contra as mulheres para dar...
tracking img