Síntese do filme tempos modernos (david sampaio)

SÍNTESE DO FILME TEMPOS MODERNOS
Diante do filme Tempos Modernos, evidencia-se a sociedade norte-americana após a crise de 1929, ressaltando deficiências no nível de produção industrial e altosíndices de desemprego. As disparidades sociais e a subversão dos trabalhadores por parte de remunerações insípidas e potencial morbífico relativo as condições de trabalho, presentes no SistemaCapitalista, são fundadas através de críticas na produção cinematográfica de Charlie Chaplin. Além disso, a ênfase na maximização do sistema produtivo industrial com base na maximização da capacidade de produçãodo nível operacional é discutido, tendo em vista a amplificação das contínuas e repetitivas tarefas produtivas ao ponto de inserção nas relações interpessoais e grupais, sendo prejudicial a qualidadede saúde física e psíquica do trabalhador.
A aplicação do sistema de produção em série desenvolve uma perspectiva mecanicista e analítica dos mecanismos necessários para maior produtividade, commenor variabilidade e diferenciação para promoção de padronização em menor escala temporal. A especialização do trabalhador, o excesso de rigidez na produção e a mecanização são questões erigidas porCharlie Chaplin em função da racionalização do ambiente de trabalhado e de que “ podia ser tocado por trabalhadores substituíveis” (Morgan, 1996).
A alienação social resultante de um sistemasemi-escravista, baseado na maximização, radicalização e aperfeiçoamento do processo produtivo, subjulgando o trabalhador, condiz com os trabalhos desenvolvidos por Karl Marx. Segundo seu pensamento: “Estaalienação manifesta-se em que o refinamento das necessidades e dos meios de um dos lados provoca no outro lado o embrutecimento bestial, uma total e grosseria simplicidade abstrata da necessidade(...)”. Pode-se considerar a respeito da alienação social o processo da objetificação na medida em que o trabalhado é marginal. Desse modo, o objeto oriundo da produção se alheia ao sujeito criador,...
tracking img