Ruido no ambiente de trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 7 (1662 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 24 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
|Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR |Semana de Eletrônica e Automação |
|Campus Ponta Grossa - Paraná - Brasil |SEA 2011 |
| ||

Ruído no ambiente de trabalho.

Marcelo Wilson dos Santos1; Márcio Michailu Mendes1; Paulo Junior Silva Costa1, Francisco José Viglus1, Zito Palhano da Fonseca1, Mauricio Galdino1.
marcelosantos@wstelecom.net.br; marcio_michailu@hotmail.com; junior.paulocosta@gmail.com; frviglus@hotmail.com; zitopf@hotmail.com; maugaldino@hotmail.com.
UniversidadeTecnológica Federal do Paraná – UTFPR – Ponta Grossa – Brasil

Resumo

O presente artigo tem como objetivo falar sobre ruído no trabalho, demonstrando algumas consequências da exposição de trabalhadores e do limite previsto em lei, comparado com uma pesquisa feita em uma marcenaria pela Revista Arvore. Diversos são os conceitos formados durante a abordagem do assunto, entre os quais sedestacam o caminho que um som faz no ouvido humano até chegar ao cérebro onde é decodificado e a intensidade em decibéis de alguns sons que os seres humanos estão em constante exposição.

Palavras-chave: Análise de Segurança do Trabalho, segurança do trabalho, ruído.

Introdução

Com o passar dos anos na indústria foi significativa a mudança e a modernização na maneira de pensar das empresas,essencialmente se tratando de acidentes do trabalho, assim como, as possíveis condições do trabalho nas quais os funcionários estão expostos. Perante a evolução das leis trabalhistas e dos sistemas de qualidade, as empresas de um modo geral, passaram a mapear seus ambientes e recintos internos buscando evidenciar os fatores e condições em que seus colaboradores possam estar expostos, pois, só assim épossível atuar e minimizar os acidentes e situações de riscos relacionadas a um determinado local. Em meio a esse contexto de segurança e prevenção de acidentes do trabalho este artigo busca apresentar os principais fatores e condições de riscos relacionadas ao ruído.

Desenvolvimento

O ruído é uma perturbação audível caracterizada pela existência de um som de freqüência audível ao serhumano e indesejado que se encontra intrinsecamente envolvido nos ambientes de trabalho. O ruído é medido em decibéis (dB), uma escala logarítmica pela qual se identifica os níveis aceitáveis de ruído em cada ambiente de trabalho. Diferente das escalas lineares, um pequeno incremento na escala logarítmica acusa uma significativa variação da intensidade da grandeza medida. O aumento de intensidade emum sinal sonoro em cerca de 3 (dB), representa uma variação que pode ser identificada como o dobro da intensidade do ruído.

“O ruído pode ser conceituado como um som desagradável e indesejável decorrente da exposição contínua a níveis de pressão sonora elevados, acarretando efeitos adversos ao organismo humano, tanto auditivos quanto extra-auditivos.” (KOMNISKI; WATZLAWICK, 2007, p.01)Como é possível notar o ruído excessivo e intenso causa danos ao ser humano, afetando o desempenho dos colaboradores e acarretando despesas para a empresa. O aparelho auditivo humano é divido basicamente em três partes: o ouvido externo, o ouvido médio e o interno. A figura 1 é apresenta uma ilustração do sistema auditivo humano.

[pic]

Figura 1: As divisões do ouvido.
Fonte: BESS(1998)
O ruído ouvido pelos seres humanos segue um caminho que passa inicialmente pelo ouvido externo onde o som se depara com o pavilhão auditivo seguindo então pelo conduto até chegar ao tímpano. O tímpano se movimenta de acordo com o ruído recebido, este movimento é transmitido através da cadeia ossicular ao ouvido interno, constituído por uma cavidade situada na estrutura óssea do crânio e...
tracking img