Rubeula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2375 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Meio Ambiente
Satc – EDUTEC
Tema: Rubéola

EDUARDO DOS SANTOS MARTINELLI

Criciuma – SC – 10/05/2012
-------------------------------------------------
SUMARIO

Introduçao.........................................................................................................02
Dados da Rubeola no Brasil..............................................................................03Resultados da Rubeola Hoje No Brasil..............................................................05
A Vacina.............................................................................................................06
O Virus da Rubeola............................................................................................07
Conhecendo aDoença......................................................................................07
Vigilancia Epidemiologica..................................................................................09
Definiçao de Casos.................................................................................09

-------------------------------------------------
INTRODUÇÃO

A Rubéola, doença a qual poucas vezes será lembradapelas futuras gerações (probabilidades), por ter sido erradicada graças a um bom estudo do vírus, para se criar uma vacina preventiva, já que ainda não existe uma cura plausível para a mesma.
Assim como é importante saber o histórico da doença no país também é importante conhecer seus aspectos clínicos para conseguirmos manter o conhecimento sobre a mesma caso ocorra algo ou sejanecessário alguma ação de controle.
A rubéola e uma doença muito complexa e veremos alguns aspectos da mesma neste trabalho.

-------------------------------------------------
Dados da Rubeola no Brasil.

É uma doença benigna e de elevada prevalência, onde cerca de 70-80% dos adultos já são imunes, sendo que 25% dos casos são assintomáticos.
´´Até a semana epidemiológica 51de 2007, foram confirmados surtos de rubéola em 19 (70%) estados e em 480 (8,6%) dos municípios, perfazendo um total de 6.925 casos confirmados. Esses casos estão assim distribuídos: 1572 no Rio de Janeiro, 200 em Minas Gerais, 368 no Distrito Federal; 337 no Ceará, 74 no Espírito Santo, 2005 no Rio Grande do Sul, 398 na Paraíba, 255 em Goiás, Catarina, 59 no Paraná, 10 no Rio Grande do Norte,45 em Pernambuco, 4 no Maranhão, 29 em Alagoas, 88 na Bahia, 58 em Mato Grosso, 21 em Tocantins e 23 em Mato Grosso do Sul.´´
(Retirado do ministério da saúde do Brasil no ano de 2007).

Veja Agora um estudo feito também pelo ministério da saúde do Brasil como é a distribuição da rubéola no Brasil ate o ano de 2007.

-Aspectos epidemiológicos
A rubéola e a SRC são doenças denotii cação compulsória desde 1996, no entanto, só a partir de 1999, com a vigilância integrada do sarampo e rubéola como estratégia paraatingir a meta de erradicação do sarampo, passou-se a documentar mais sensível e representativamente a circulação do vírus da rubéola no Brasil. Assim, surtos de rubéola foram detectados em diversos estadosentre 1999 e 2001. Padrões diferenciados de ocorrência da rubéola por faixa etária foram observados, provavelmente como consequência da introdu-ção gradual da vacina, o que acarretou deslocamento da ocorrência da doença para adultos jovens entre 1999 e 2000. Em 1999, a maioria dos surtos ocorreu em estados que ainda não haviam implantado a vacinação contra a rubéola, sendo a população mais atingida ade menores de 15 anos.
Em 2000, os surtos atingiram estados que já vacinavam contra a rubéola.
No período de 2000 e 2001, observou-se aumento no número de casos de SRC, como efeito do surto, mas também rel etindo a estruturação da vigilância da SRC no...
tracking img