Rompendo com as amarras do passado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (591 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Rompendo com as amarras do passado
"Lembrai-vos da mulher de Ló.” Lucas 17;39

Há poucas advertências na Escritura tão incisivas como esta, direcionando a lembrar de alguém. O tema da mensagem deJesus aos discípulos era alertar acerca da sua vinda. O problema é que a mulher de Ló, não é um exemplo de mulher a ser seguido. Em Gênesis a bíblia relata esta historia.

"Então o Senhor fezchover enxofre e fogo, do Senhor desde os céus, sobre Sodoma;
E destruiu aquelas cidades e toda aquela campina, e todos os moradores daquelas cidades, e o que nascia da terra. E a mulher de Ló olhoupara trás e ficou convertida numa estátua de sal" (Gênesis 19:24-26).

Ló, homem justo, juntamente com sua esposa e suas duas filhas, deixou a cidade de Sodoma no dia da sua destruição. A mulher de Lócaiu no triste erro de olhar para trás, em direção a cidade. Ela olhou para trás porque viu seu passado vira cinzas.
Mesmo com a promessa de um novo re-começo, de uma nova historia em Deus, o seucorpo estava fora da cidade, mas o seu coração estava em Sodoma. Ela não conseguiu libertar-se do passado, da sua historia e costume vividos na Babilônia.


Nós somos a geração da vinda de Cristo.Vivemos dias semelhantes ao de Sodoma e Gomorra, onde o pecado e as ofertas da Babilônia estão expostas. Quer seja na Tv, nos jornais, nas revistas, na internet.
O inimigo têm conseguido paralisar avida e o crescimento de muitas pessoas, fazendo-as lembrar e desejar as coisa do mundo ou acorrentando-as ao seu passado.
Vidas e ministérios estão paralisados pelo pecado, pelos costumes, pelastradições, até mesmo pela religiosidade. Pessoas estão paralisadas como estatuas pelas velhas práticas, pela busca por riquezas e pelos vícios.
Muitos não conseguem viver uma experiência nova com Deus,pois estão presos a grilhões do passado, que parecem está tão vivo. Não são correntes físicas e materiais, mas correntes emocionais e muitas delas espirituais.
Quantas pessoas não conseguem viver...
tracking img