Romantismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (687 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Literatura

ROMANTISMO – ASPECTOS GERAIS

Ó eu! Ó vida! Ó eu! Ó vida! destas perguntas que recorrem, Dos trens feitos por incrédulos, das cidades cheias de tolices, Do costume de censurar a mimmesmo constantemente, (quem é mais, Quem é mais tolo do que eu, e que é mais incrédulo?) Dos olhos que inutilmente suplicam pela luz, do que os objetos significam, do esforço sempre renovado Dosresultados insignificantes de tudo, de pesadas e sórdidas multidões que vejo ao meu redor] Dos vazios e inúteis anos que sobram, com o que sobrou de mim entrelaçado A pergunta, Ó eu? tão triste, recorre – oque há de bom em tudo isso, Ó eu, Ó vida? Resposta Que você está aqui – que a vida existe e perdura, Que a poderosa peça teatral continua, e que você pode contribuir com um verso. (Walt Whitman)ORIGENS HISTÓRICAS:      Ascensão da burguesia: Mercantilismo (séculos XVI e XVII); Revolução Inglesa (1688); Independência Americana (1776); Revolução Francesa (1789).

SURGIMENTO:     Mito dobom selvagem, de Rousseau; Movimento Sturm und Drang (Tempestade e Ímpeto), em 1770 na Alemanha = valorizando o folclórico, o nacional e o popular em oposição ao universalismo clássico; Os cantos deOssian = culto à Idade Média; Publicação (1774) do romance (em forma epistolar) Os sofrimentos do jovem Werther, de Goethe.

CARACTERÍSTICAS GERAIS:      Liberdade de criação; Individualismo esubjetivismo; Sentimentalismo; Fusão do grotesco com o sublime; Culto à natureza (força divinizada);

 Imaginação e fantasia;  Valorização do passado (na Europa, Idade Média, já no Brasil, oíndio e a infância do poeta);  Religiosidade (mais comum na gênese do movimento);  Mal do século;  Byronismo.
“Não deixes que termine o dia sem teres crescido um pouco, sem teres sido feliz, sem teresaumentado os teus sonhos. Não te deixes vencer pelo desalento. Não permitas que alguém retire o direito de te expressares, que é quase um dever. Não abandones as ânsias de fazer da tua vida algo...
tracking img