Romantismo em portugal - aspectos da obra camiliana & a novela camiliana - camilo castelo branco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 17 (4243 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 10 de junho de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Aspectos da obra camiliana
Evolução literária

Castelo Branco é um autor muito prolífico. Escreve ensaio, poesia, teatro, romance, contos, crítica literária, investigação histórica, artigos jornalísticos... Mas é no romance onde mais de estende.
Camilo cultivou a novela histórica, de aventuras, de humor e sátira, e a passional. As duas últimas espécies têm mais interesse que as outras,principalmente a novela passional, em que o prosador se tornou um autêntico mestre. Camilo escreveu considerável quantidade de narrativas, das quais as mais conhecidas são: Carlota Ângela (1858), Amor de Perdição (1862), A Doida do Candal (1867), Onde Está a Felicidade? (1856), Um Homem de Brios (1856), Memórias de Guilherme do Amaral (1856). O novelista seleciona os personagens na burguesia da época,ocupada com os problemas de amor, do dinheiro e da honra. Na maioria das vezes, o enredo gira em torno de duas criaturas inflamadas por uma paixão superior à vontade e às conveniências de família ou de classe social. Armada a equação sentimental, o escritor mostra que, no geral, a força da sociedade vence o par de transgressores, seja conduzindo-os à morte, à loucura, ao suicídio, seja obrigando-osa respeitar a moral vigente (Amor de Salvação, 1864). Sabiamente, Camilo altera sempre a intriga das novelas, tendo em vista um único alvo: entreter o leitor burguês. No fim da vida, o autor compôs quatro romances à moda naturalista para satirizar a corrente implantada pelo francês Émile Zola, e acabou criando algumas de suas obras capitais.

Há uma evolução na obra de Castelo Branco:
a) DoRomantismo ao Realismo.
b) Temática:
Nos primeiros tempos, a partir do sucesso da novela Maria! Não me mates, que sou tua mãe! Há predileção pelo tema do “terror grosso”, próximo ao romance negro. São obras, pode que condicionadas pelo mercado, que tentam manter uma emoção exagerada, “morbo” (persecuções sádicas, personagens de carácter arrebatado e violento, sequestros e raptos, catástrofesinesperadas...).
Posteriormente há um gosto pela temática satírica.

Mas a paixão e o amor estão sempre presentes na sua obra, obra cuja evolução é pouco nítida, mas que não é rigoroso classificar uma obra como realista ou romântica, já que normalmente contêm elementos de ambos os movimentos.

Preferência pelo romance

Castelo Branco produz romances que contêm características de diferentesclasses de romances, geralmente misturadas. Algumas destas classes de romances são:

A) Romance negro: elementos melodramáticos, terror.

B) Romance passional: 
Têm uma forte intensidade dramática e a ação normalmente baseia-se em:
● Mulheres abandonadas pelos maridos
● Homens casados seduzidos por mulheres fatais
● Crianças expostas que milagrosamente encontram os seus progenitores
●Reconhecimento de antigos apaixonados
● Raptos
● Rapazes que não casam e abandona o mundo
● Amores contrariados que dão no crime ou na morte ou na loucura
● Reclusões de raparigas apaixonadas em conventos

O tema principal é a separação dos amantes por diferentes obstáculos:
● Desigualdade social ou econômica
● Inimizade entre famílias
● Matrimónio antecedente com outra pessoa

A mulher:
● Egeralmente o sexo fraco, uma mulher anjo e vítima inocente, mas em algumas ocasiões satânicas, mulher fatal.
● Esta ligada ao crime e ao pecado (homens sedutores e mulheres vítimas).
● Normalmente o seu final é:
- Abandono e solidão
- Equívocos com reconhecimentos tardios
- Reclusão em conventos
- Morte

O homem acostuma ser apaixonado, conquistador, mas também há homens “bons”.

Sãofrequentes cenas de amor materno ou paterno-filial que contrastam com relações conflituosas entre pais e filhos.

Desenvolve-se sobre:
● Paixões que fazem enlouquecer
● Personagens principais cujos diálogos estão cheios de retórica e sentimentalismo
● Personagens secundários que usam uma linguagem popular
● Dramatização no diálogo, economia descritiva, mistura de sátira, comentários críticos e...
tracking img