Roedores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2106 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SEDU
ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO
“EMIR DE MACEDO GOMES”
CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE





DINALVA GUILHERME BARCELOS
LUCIANO COLATI
LUCIANO VIEIRA NUNES
RAPHAEL CÁSSIO SCARPAT ARAÚJO
STANLEN R. VENTURA
WESLEY CHEFFI DOS SANTOS





CONTROLE DE ROEDORES









LINHARES-ES
2011
DINALVA GUILHERME BARCELOS
LUCIANO COLATILUCIANO VIEIRA NUNES
RAPHAEL CÁSSIO SCARPAT ARAÚJO
STANLEN R. VENTURA
WESLEY CHEFFI DOS SANTOS







Trabalho apresentado a Escola Estadual de Ensino Médio “Emir de Macedo Gomes” no curso Técnico em Meio Ambiente, para a disciplina de Saneamento Ambiental com requisição parcial de aprovação. Professora: Sabrina Sonegheti |










LINHARES-ES
2011SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 04
1.1 Ratos na agricultura 04
1.2 Ratos na pecuária 04
1.3 Ratos nos centros urbanos 05
2 CARACTERÍSTICAS GERAIS 06
3 AS TRÊS ESPÉCIES MAIS COMUM 07
3.1 Rattus novergicus 07
3.2 Rattus rattus 07
3.3 Mus muscullus 08
4 CARACTERÍSTICAS PARA IDENTIFICAÇÃO DE ROEDORES 09
5 DOENÇAS QUE SÃOTRANSMITIDAS POR RATOS 10
5.1 LEPTOSPIROSE 10
5.1.1 O que é leptospirose 10
5.1.2 Como se pega a leptospirose. 10
5.1.3 Quais os sintomas 11
5.1.4 Como evitar a doença 11
6 PREVENÇÃO 12
6.1 Prevenção no ambiente de trabalho 12
6.2 Prevenção na residência 12
7 DESRATIZAÇÃO 14
7.1 Métodos mecânicos 14
7.2 Métodosbiológicos 14
7.3 Métodos químicos 15
8 ANEXO 16
9 CONCLUSÃO 17
10 REFERENCIAS 18

1. INTRODUÇÃO

Os roedores são um dos nossos principais inimigos e geralmente sua presença reflete falta de condições sanitárias, ambientais e educacionais. São os vertebrados que mais problemas causam ao homem.

A Organização das Nações Unidas paraAgricultura e Alimentação FAO/ONU estimou que há uma perda anual de 33 milhões de toneladas de alimentos, provocada por ratos, quantidade suficiente para alimentar 130 milhões de pessoas por ano. É muito difícil calcular o número de ratos que há no mundo, porém, a ONU acredita que existam 3 ratos por habitante, cada um deles causando um prejuízo de US$ 10.00 por ano, entre alimentos consumidos ouestragados, tratamento de doenças transmitidas, incêndios, danos estruturais, etc...

Os ratos são responsáveis por grandes perdas econômicas, em diversas áreas.

1.1 RATOS NA AGRICULTURA

O rato ataca as sementes, as plantas, os cereais e principalmente os produtos armazenados (prejuízo de 20% de toda a produção)

1.2 RATOS NA PECUÁRIA

10% das rações dos animais sãocontaminadas ou ingeridas por ratos. Transmitem várias doenças ao rebanho, principalmente a leptospirose animal, chegando no caso de pequenos produtores, a 100% de prejuízo. Em granjas, alimentam-se de ovos.

1.3 RATOS NOS CENTROS URBANOS

Estima-se que 25% dos incêndios classificados como causas desconhecidas são provocados por ratos, uma vez que devido ao hábito de roer para desgastar osdentes incisivos, procuram estruturas duras, como fios de cobre dos cabos elétricos, provocando curtos circuitos.

Os roedores podem comer cerca de 10% de seu próprio peso a cada dia, o que significa entre 10 a 20 Kg ao ano. Mas, o mais importante em termos de Vigilância Sanitária é que, através de seus pêlos, fezes e urina, contaminam 5 vezes mais alimentos do que podem comer.

Em função dosprejuízos que provocam e das inúmeras doenças que podem transmitir, vale a pena conhecer suas principais características, hábitos e capacidades próprias, e entender os roedores de forma integrada no ambiente que os cercam para podermos combatê-los, mas antes de tudo é preciso preveni-los.

2. CARACTERÍSTICAS GERAIS

Somente em infestações pesadas é que os ratos são vistos durante o dia. Eles...
tracking img