Riscos quimicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3549 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Efeitos tóxicos
Efeitos sobre o organismo humano
Após penetrar no organismo, os agentes químicos podem provocar uma variedade de efeitos tóxicos, incluindo efeitos imediatos (agudos) ou os efeitos a longo prazo (crônicos), dependendo da natureza do produto químico e da via de exposição. As partes do corpo mais afetadas são os pulmões, a pele, o sistema nervoso (cérebro e nervos), a medulaóssea, o fígado e os rins.
Classificação dos efeitos
· Irritantes e/ou corrosivos: provocam alterações na pele ou mucosas (cimento, ácidos, bases);
· Sensibilizantes: produzem alergias (níquel, cromo, fibras sintéticas);
· Asfixiantes: impedem o organismo de obter ou utilizar o oxigênio do ar atmosférico (monóxido de carbono (CO), cianetos);
· Narcóticos:produzem inconsciência (clorofórmio, éteres, álcoois, acetonas);
· Neurotóxicos: produzem alterações no sistema nervoso (anilina, chumbo, mercúrio, benzeno, solventes em geral);
· Carcinogênicos: produzem tumores malignos (amianto, benzeno, cádmio, cromo);
· Mutagênicos: produzem problemas hereditários (éteres de glicol, chumbo, benzeno);
· Teratogênicos: produzemmalformações no feto (substâncias radioativas).
Riscos Químicos Cor Vermelha
Os riscos químicos presentes nos locais de trabalho são encontrados na forma sólida, líquida e gasosa e classificam-se em: poeiras, fumos, névoas, gases, vapores, neblinas e substâncias, compostos e produtos químicos em geral.
Poeiras, fumos, névoas, gases e vapores estão dispersos no ar (aerodispersóides).
POEIRASSão partículas sólidas geradas mecanicamente por ruptura de partículas maiores. As poeiras são classificadas em:
· Poeiras minerais
Ex: sílica, asbesto, carvão mineral. Consequências: silicose (quartzo), asbestose (amianto), pneumoconiose dos minérios de carvão (mineral).
· Poeiras vegetais
Ex: algodão, bagaço de cana-de-açúcar.
Consequências: bissinose (algodão), bagaçose(cana-de-açúcar) etc.
· Poeiras alcalinas
Ex: calcário
Consequências: doenças pulmonares obstrutivas crônicas, enfizema pulmonar.
· Poeiras incômodas
Consequências: interação com outros agentes nocivos presentes no ambiente de trabalho, potencializando sua nocividade.
FUMOS
Partículas sólidas produzidas por condensação de vapores metálicos. Ex: fumos de óxido de zinco nas operações de soldagem comferro.
Consequências: doença pulmonar obstrutiva, febre de fumos metálicos, intoxicação específica de acordo com o metal.
NÉVOAS
Partículas líquidas resultantes da condensação de vapores ou da dispersão mecânica de líquidos. Ex: névoa resultante do processo de pintura a revólver, monóxido de carbono liberado pelos escapamentos dos carros.
GASES
Estado natural das substâncias nas condiçõesusuais de temperatura e pressão. Ex: GLP, hidrogênio, ácido nítrico, butano, ozona, etc.
VAPORES
São dispersões de moléculas no ar que podem condensar-se para formar líquidos ou sólidos em condições normais de temperatura e pressão. Ex: nafta, gasolina, naftalina, etc.
Névoas, gases e vapores podem ser classificados em:
· Irritantes: irritação das vias aéreas superiores.
Ex: ácido clorídrico,ácido sulfúrico, soda caústica, cloro, etc.
· Asfixiantes: dor de cabeça, náuseas, sonolência, convulsões, coma e morte.
Ex: hidrogênio, nitrogênio, hélio, metano, acetileno, dióxido de carbono, monóxido de carbono, etc.
· Anestésicos: (a maioria solventes orgânicos). Ação depressiva sobre o sistema nervoso, danos aos diversos órgãos, ao sistema formador de sangue (benzeno), etc.
· Ex:butano, propano, aldeídos, cetonas, cloreto de carbono, tricloroetileno, benzeno, tolueno, álcoois, percloritileno, xileno, etc.
Vias de penetração dos agentes químicos
· Via cutânea (pele);
· Via digestiva (boca);
· Via respiratória (nariz).
A penetração dos agentes químicos no organismo depende de sua forma de utilização.
Fatores que influenciam a toxicidade dos contaminantes...
tracking img