Riscos ambientais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1468 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário
INTRODUÇÃO À SEGURANÇA DO TRABALHO 2
RISCOS OCUPACIONAIS 2
A) Classificação dos Riscos Profissionais. 2
B) Riscos Ambientais. 2
C) Riscos Físicos. 3
Ruído. 3
Vibrações. 3
Temperaturas Extremas. 4
Pressões Anormais. 4
Radiações Ionizantes. 4
Radiações Não-ionizantes. 4
Umidade. 4
Nível de Iluminamento 4
D) Riscos Químicos. 5
Gases. 6
Vapores. 6
E) RiscosBiológicos. 6
F) Riscos Ergonômicos. 6
G) Riscos de Acidentes 7
MEDIDAS DE CONTROLE 7
a) medidas de caráter administrativo ou de organização do trabalho; 7
b) utilização de equipamento de proteção coletiva - EPC e individual - EPI. 7

INTRODUÇÃO À SEGURANÇA DO TRABALHO

Segurança do Trabalho é a função composta por um conjunto de medidas técnicas, educacionais, médicas epsicológicas, que objetiva a PREVENÇÃO DE ACIDENTES, pela eliminação dos ATOS e das CONDIÇÕES INSEGURAS do ambiente e pela educação, conscientização e motivação das pessoas para as práticas preventivas. Seu emprego é indispensável para o desenvolvimento satisfatório do trabalho. É tão importante para a produção quanto muitos outros fatores e serviços que as empresas mantêm, além do benefícioproporcionado aos empregados, seus familiares e ao povo em geral.

RISCOS OCUPACIONAIS

A) Classificação dos Riscos Profissionais.

Os riscos profissionais são os que decorrem das condições precárias inerentes ao ambiente ou ao próprio processo operacional das diversas atividades profissionais. São, portanto, as condições ambientes de insegurança do trabalho, capazes de afetar a saúde, a segurança e obem-estar do trabalhador.

As condições ambientes relativas ao processo operacional, como por exemplo, máquinas desprotegidas, ferramentas inadequadas, matérias-primas, etc., são chamadas de riscos de acidente.

As condições ambientes relativas ao ambiente de trabalho, como por exemplo a presença de gases, vapores, ruído, calor, etc., são chamadas de riscos ambientais.

As condições ambientesrelativas ao conforto, postura, como por exemplo, esforços repetitivos, postura viciosa, etc..., são chamados de riscos ergonômicos.>

Os riscos profissionais dividem-se, pois em riscos de acidente, riscos ambientais e riscos ergonômicos. Os riscos ambientais são, então, aqueles inerentes ao ambiente de trabalho que poderão, em condições especiais, ocasionar as doenças profissionais ou dotrabalho, ou ocupacionais.

B) Riscos Ambientais.

Os fatores desencadeantes das doenças do trabalho são chamados de agentes ambientais e podem ser classificados segundo a sua natureza e forma com que atuam no organismo humano. Essa classificação é dada a seguir:

- Riscos físicos

- Riscos químicos

- Riscos biológicos

C) Riscos Físicos.

Os agentes físicos causadores em potencial dedoenças ocupacionais são:

- Ruído

- Vibrações

- Temperaturas extremas (calor e frio)

- Pressões anormais

- Radiações ionizantes (raios x, raios alfa, raios beta, raios gama)

- Radiações não-ionizantes (infravermelha,...)

- Umidade

- Nível de iluminamento

Ruído.

Reduz a capacidade auditiva do trabalhador, a exposição intensa e prolongada ao ruído atuadesfavoravelmente sobre o estado emocional do indivíduo com conseqüências imprevisíveis sobre o equilíbrio psicossomático.

De um modo geral, quanto mais elevados os níveis encontrados, maior o número de trabalhadores que apresentarão início de surdez profissional e menor será o tempo em que este e outros problemas se manifestarão.

É aceito ainda que o ruído elevado influi negativamente na produtividade,além de ser frequentemente o causador indireto de acidentes do trabalho, quer por causar distração ou mau entendimento de instruções, quer por mascarar avisos ou sinais de alarme.

Vibrações.

As vibrações são também relativamente freqüentes na indústria, e podem ser divididas em duas categorias: vibrações localizadas e vibrações de corpo inteiro.

Temperaturas Extremas.

As temperaturas...
tracking img