Risco de mercado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3226 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADES DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS (FACET) – SANTO AGOSTINHO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO












LUCIANO FERNANDES DE SOUZA









TRABALHO DE ENGENHARIA ECONÔMICA



















Montes Claros – Minas Gerais
2011



LUCIANO FERNANDES DE SOUZA





















PESQUISA SOBRE RISCO DE MERCADOPesquisa apresentada à disciplina Engenharia Econômica, do Curso de Engenharia de Produção das Faculdades Santo Agostinho, como requisito parcial para aprovação na disciplina.
Professor da disciplina: Oscar Renno.





















Montes Claros – Minas Gerais
2011

1Risco de Mercado

Para (Morgan,2011) Risco de mercado é definido como a possibilidade de ocorrência de perdas resultantes da flutuação nos valores de mercado de posições ativas e passivas detidas pelas instituições financeiras que compõem o conglomerado financeiro J.P. Morgan. O risco de mercado inclui os riscos das operações sujeitas à variação cambial, taxa de juros, preços das ações e dos preços de mercadorias (commodities).Risco de Mercado depende do comportamento do preço do ativo diante das condições de mercado. Para entender e medir possíveis perdas devido às flutuações do mercado é importante identificar e quantificar o mais corretamente possível as volatilidades e correlações dos fatores que impactam a dinâmica do preço do ativo.


Conforme (Duarte , 2010) risco de mercado pode ser dividido emquatro grandes áreas: risco do mercado acionário, risco do mercado de câmbio, risco do mercado de juros e risco do mercado de commodities. É possível que alguns instrumentos tenham seus riscos considerados separadamente dentro das quatro áreas acima. Por exemplo, quando consideramos um contrato futuro no IBOVESPA negociado na BM&F temos dois tipos de risco:
a) Risco do mercado acionário,que pode ser aproximado por um fator de mercado como
o IBOVESPA.
b) Risco do mercado de juros, que pode ser aproximado por um grupo de fatores de
mercado relacionados à estrutura a termo dos juros brasileiros.

2 RISCO BRASIL
Risco-país é um indicador utilizado para orientar os investidores estrangeiros a respeito da situação financeira de um mercado emergente. Precisamente, orisco-país é denominado EMBI+ (Emerging Markets Bond Index Plus), sendo calculado por bancos de investimento e agências de classificação de risco. Tal termo foi criado pelo banco J.P.Morgan, em 1992, para poder orientar seus clientes sobre o direcionamento de seus investimentos, evitando aqueles países em que o risco de ocorrer uma crise financeira é maior.

Para calcular o índice, os bancos levamem conta vários fatores, como o nível do déficit fiscal, o crescimento da economia, a relação entre arrecadação e a dívida de um país, as turbulências políticas, etc. Em outras palavras, o risco-país mostra a sobretaxa que um investidor está correndo o risco de pagar em relação ao rendimento dos papéis da economia americana, uma vez que esta é considerada a mais solvente do mundo.

O índice écalculado em pontos básicos, onde cada ponto corresponde 0,01 ponto percentual de prêmio acima do rendimento dos papéis da dívida dos EUA. Se o risco-país do Brasil for 200, por exemplo, isso significa que os estrangeiros “merecem” um prêmio de 2 pontos percentuais de rendimento acima do que paga um igual papel americano.

Ter um EMBI+ com altos pontos pode significar a repulsão de investimentosestrangeiros em um país, provocando grandes prejuízos na economia, uma vez que estes investimentos são essenciais para o desenvolvimento dos mercados emergentes.
GRM, em atendimento à Resolução CMN 3.464/2007 – cuja complexidade é proporcional à dos negócios e operações do Banco IBM e que reune os valores e controles internos tradicionais ao grupo IBM aliado à particularidade de adequação ao...
tracking img