Ricardo eletro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1851 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO DE TGA


Ricardo Eletro












Faculdade Paraíso
Turma 302 – Administração
Prof. Marcelo Seabra
Equipe: Tatiane Siqueira da Silva
Ariane Brandão Portela Costa
Débora Moraes e Silva
Vanessa Magalhães Cardoso
Roberta Oliveira dos Santos
Daiana Regina dos Santos

Ricardo Eletro –COMO TUDO COMEÇOU...

RICARDO NUNES nasceu em Divinópolis - Minas Gerais, e em menos de duas décadas, partiu do ponto zero, zero mesmo, para tornar-se dono de uma das dez maiores redes de lojas de varejo do país. Sua trajetória empreendedora começou cedo e teve profunda influência de seu pai, um comerciante de bijuterias. Aos 12 anos após perder o pai, Ricardo tinha que ajudar a mãe a cuidardos irmãos, e por isso começou a vender as mexericas do sitio.
Ia vender perto das escolas e descobriu que gritando, vendia mais. Logo começaram a aparecer outras crianças vendendo perto dele, e então ele aprendeu que precisava cobrir o preço para vencer a concorrência.
Aos 18 anos, ele começou a repetir todas as semanas o roteiro profissional preferido de seu pai, ir a São Paulo parabuscar mercadorias e vender em sua cidade natal, Divinópolis, no interior de Minas Gerais. Mas, em vez de trazer bijuterias na bagagem, Nunes passou a comprar bichos de pelúcia para revendê-los pelo dobro do preço.
A família vendeu um carro para montar uma pequena loja que se chamava RICARDO ELETRO, mesmo sem ter nenhum eletrodoméstico a venda, apenas roupas, bijuterias e ursos de pelúciacomprados em São Paulo, na 25 de março.

A TRAJETÓRIA PARA O SUCESSO...

Em 1989 foi aberta a primeira loja em Divinópolis, no interior de Minas Gerais, quando Nunes tinha apenas 20 anos. E colocou um aviso na porta:
“Cobrimos qualquer oferta de eletrodoméstico do Brasil”.
Mas a maior parte do estoque não era de eletrodomésticos. Era de brinquedos. Ele vendia eletrodomésticosportáteis abaixo do custo. O lucro dos brinquedos, principalmente ursinhos de pelúcia, compensava o prejuízo. Com isso, foi formando volume na venda de eletrodomésticos portáteis. Três meses depois, abriu a segunda loja, na qual passou a vender geladeiras, fogões e televisores comprados de atacadistas. Após seis meses, montou a terceira loja.
Só conseguiu escapar dos atacadistas e comprardireto dos fabricantes quando montou a quarta loja, em Nova Serrana, também no interior de Minas. Aos poucos, foi abrindo filiais nas cidades próximas. Em 1996, inaugurou a primeira filial em Belo Horizonte. Como nos tempos dos ursinhos de pelúcia, vendia mais barato em BH e compensava as perdas com o que ganhava nas outras nove lojas do interior. Investiu boa parte do lucro em publicidade e, comisso, passou a crescer em Minas.
A forma para concorrer com as redes maiores foi atacar com preço baixo. Mas para fazer isso era preciso ter custo menor que o da concorrência. Por isso, a estrutura de suas lojas é pequena. Nunes economiza até no cafezinho. Se for preciso acordar 5 da manhã para pegar um vôo mais barato, ele acorda. Certo dia chegou à conclusão de que manter entrega própria, eramuito caro. Hoje, a frota é terceirizada. Só não economiza em publicidade. Pois não adianta baixar o preço se ninguém souber que está vendendo barato.
Um dos segredos da Ricardo Eletro é que a empresa inteira é orientada a negociar com o cliente e cobrir as ofertas dos concorrentes. Os vendedores são treinados para isso. Qualquer um dos gerentes pode ligar a qualquer hora e negociar com opróprio Ricardo o melhor preço para o consumidor.
Até hoje ele atende telefonemas de clientes. Nunes diz que gosta de loja, gosta de gente. Gosta de entender o que o consumidor quer. Ele não é só administrador, continua sendo vendedor.
Dizem que quem vende só pelo preço quebra. E Nunes acredita que se não tiver um custo baixo, quebra mesmo. Se não procurar outras receitas paralelas,...
tracking img