Revolução industrial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2113 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SOROCABA
CURSO DE LOGÍSTICA
PEDRO LUCAS BROTO DE ABREU

TRABALHO:
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

SOROCABA
2011

PEDRO LUCAS BROTO DE ABREU

TRABALHO:
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

Trabalho apresentado como requisito para
obtenção de nota na disciplina Administração
Geral em Logística, junto ao curso de Logística
da Faculdade de Tecnologia de Sorocaba – FATEC
Profº.José Carlos Moura

SOROCABA
2011

“Assim como se diz que a hipocrisia é o maior elogio da virtude, a arte de mentir é o mais forte reconhecimento da força da verdade.”
William Hazli
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 5
PRIMEIRA FASE 6
CONCLUSÃO PRIMEIRA FASE 7
SEGUNDA FASE 8
CONCLUSÃO SEGUNDA FASE 10
TERCEIRA FASE 11
CONCLUSÃO GERAL 13
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 14INTRODUÇÃO

A Revolução Industrial designa um processo de profundas transformações econômico-sociais que se iniciou principalmente na Inglaterra. Em meados do século XVIII. Caracteriza-se pela passagem da manufatura à indústria mecânica. A introdução de máquinas fabris multiplica o rendimento do trabalho e aumenta a produção global. A Inglaterra adianta sua industrialização em50 anos em relação ao continente europeu e sai na frente na expansão colonial. Entre as principais características da sociedade industrial, podemos citar: a organização das mais diversas atividades humanas pelo capital; a predominância da indústria na atividade econômica e o crescimento da urbanização. Vários historiadores têm dividido o processo de criação das sociedades industriais em duasfases, a primeira com duração de 1760 a 1860 e a segunda iniciada por volta de 1860. Com essa revolução surgiram também novas formas de energia, como a eletricidade e os combustíveis derivados do petróleo. A velha Europa agrária foi se tornando uma região com cidades populosas e industrializadas. Com tempo, a Revolução Industrial influenciou profundamente a vida de milhões de pessoas em todas asregiões do planeta.

Revolução Industrial - Primeira Fase

Durante a segunda metade do século XVIII, na Inglaterra uma série de transformações no processo de produção de mercadorias, deram origem ao que se convencionou chamar por 1a Revolução Industrial.
Antes desse processo eram as oficinas artesanais que produziam grande parte das mercadorias consumidas na Europa. Nestas oficinas, também chamadasde manufaturas, o artesão controlava todo o processo de produção. Era ele quem estabelecia, por exemplo, sua jornada de trabalho. Também não existia uma profunda divisão do trabalho (cada um fazendo uma parte do produto). Frequentemente nas oficinas um grupo de dois ou três artesãos se dedicava à produção de uma mercadoria de seu princípio ao seu fim, ou seja fazia a mercadoria como na suatotalidade, sem divisão do trabalho.
Com a Revolução Industrial isso se alterou, os artesãos perderam sua autonomia. Com a chegada de novas tecnologias e novas máquinas apareceram as fábricas nas quais todas as modernas máquinas tornaram-se propriedade de um capitalista (burguês). A produção fabril concorrendo com a artesanal levou esta à ruína. Os antigos artesãos então tiveram que se tornartrabalhadores assalariados, estando a partir daí sob o controle do capitalista.
Essa fase da Revolução Industrial foi assinalada pelos seguintes fenômenos: 
*  Invenção do tear mecânico e do descaroçador de algodão e consequente desenvolvimento da indústria têxtil;
*  Invenção da máquina a vapor, que substitui as fontes tradicionais de energia mecânica, como a roda de água, a roda de vento e atração animal;
*  Uso do coque para a fundição do ferro; a produção de lâminas de ferro e a produção do aço em larga escala;
*  Melhoria no processo de exploração do carvão mineral, com a utilização de máquinas a vapor para retirar a água acumulada nas minas de carvão;
*  Revolução nos transportes e nas comunicações, com a invenção da locomotiva, do navio a vapor e do telégrafo;
*...
tracking img