Revoltas regenciais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (282 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Revoltas Regências (1831-1840)
Aconteceram no período em que o imperador D.Pedro abdicou de seu trono e seu herdeiro não tinha idade para assumir seu cargo. Foi muito conturbadoesse período de regências.
Revolta Dos Farrapos (1835-1845)
Foi uma revolta promovida por ricos fazendeiros gaúchos, teve maior duração entre as demais revoltas. A causa foi à crise daprodução pecuária tanto sobre o charque, quanto pela elevação do valor do sal, e também pelo aumento tarifário para os gaúchos. Os lideres principais foram Bento Gonçalves eGaribaldi. Só acabou pela articulação de trégua na qual houve a presença do Duque de Caxias.
A Revolução Farroupilha teve grande êxito graças à participação do italiano Giuseppe Garibaldi,anos depois teria participação militar no processo de unificação italiano, a operação que ele capitaneada garantiu o sucesso em um ataque surpresa.
O rio Grande Do Sul se rendeu, eeles não conseguiram que as tarifas de importação sobre o charque fossem aumentadas.
Revolta do malês (de 24 para 25 de janeiro de 1835)
Foi uma revolta que aconteceu na cidade deSalvador, pelos negros islâmicos que eram livres mais que ainda sofriam muito preconceito, tinham como principal objetivo à libertação dos escravos e também acabar com o catolicismo, oconfisco dos bens dos brancos e queriam uma republica islâmica.
Reuniram-se e libertaram escravos, arrecadaram dinheiro e compraram armas, em fim uma mulher contou todo o plano esoldados armados e bem preparados cercaram os revoltosos que eram uns 200 todos foram julgados, os lideres Pacífico Licutã, Manuel Calafate e Luis Sanim foram condenados a pen de morte.Os demais foram condenados a trabalhar forçados.

Nome: Thays Luciana Calixto Souza nº: 37 2º B
tracking img