Revista bon-line

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1269 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO-UFMA
NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD
PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA MIDIAS NA EDUCAÇÃO
TURMA: ME0822












REVISTA ONLINE















AXIXÁ - MA,
2009
ABÍLIO CÉSAR CANTANHEDE REIS










REVISTA ONLINE





Trabalho para conclusão do módulo Mídia Impressa do cursode Mídias na Educação da Universidade Federal do Maranhão











Axixá - MA
2009

1- INTRODUÇÃO

A internet nos propicia acesso a, praticamente, todo tipo de informações e muitas dessas informações ficam disponíveis nos mais variados sites que tratam de temas diversos e podem a qualquer momento ser acessados e explorados através de seus links. As revistas online, osjornais virtuais, são formas de divulgação dos fatos que acontecem pelo mundo na forma de notícias. Recentemente, um dos temas bastante divulgados na mídia foram os acidentes aéreos envolvendo um grande número de vítimas. Ocorrências desse tipo reascendem as discussões sobre a segurança do transporte aéreo. Na sequências relatamos algumas matérias que tratam do assunto como forma de fomentar um reflexãosobre esse tema que envolvem, praticamente toda a sociedade mundial, direta ou indiretamente.

2 - FUNDAMENTÇÃO TEORICA

Nos últimos meses o mundo tem acompanhado estarrecido às notícias de enormes acidentes aéreos envolvendo aviões de grande porte, resultando na morte de centenas de pessoas. Fatos dessa natureza reforçam de modo acentuado a desconfiança e o medo que leva muitas pessoasa preferir outros meios de transportes, apesar das insistentes observações dos especialistas de que o avião ainda é o meio de transporte mais seguro que existe. Pelo menos é o que dizem as estatísticas. Diante de tantos desastres aéreos nas manchetes dos jornais, não há quem o convença de que as quedas são raras, de que o normal é tudo dar certo. Mas é exatamente isso que dizem as estatísticas. Achance de alguém bater o carro e morrer a caminho do aeroporto é 500 vezes maior do que a de o avião cair. Segundo a Administração Federal de Aviação, americana, de cada 1.000 mortes, 228 acontecem em acidentes rodoviários e 0,45 em aeroviários. Até nadar é mais perigoso. A cada 1.000 fatalidades, 26 são por afogamento.
O volume de transporte aéreo tem aumentado consideravelmente, masjunto, crescem os recursos tecnológicos e as medidas de segurança visando melhorar consideravelmente a qualidade dos serviços oferecidos pela aviação mundial. Apesar da presente situação, é notório que alguns países do mundo possuem frotas verdadeiramente ultrapassadas, oferecendo serviços que põem em risco a vida de milhares de pessoas diariamente.
Apesar de todo o avanço que cerca a indústriaaeronáutica, nunca se poderá contar com uma segurança total nesse meio de transporte, visto que situações adversas podem provocar acidentes mesmo tratando-se de aeronaves dotadas de um elevado nível de segurança.
Na história dos acidentes aéreos alguns merecem destaque principalmente pelo número de vítimas envolvidas. Aliás, esse é o grande inconveniente dos desastres aéreos. Quase sempreoferecem um número bastante elevado de vítimas.


Os maiores acidentes aéreos dos últimos anos no mundo
Publicada em 29/09/2006 às 21h19m

• 26 de setembro de 1997 - Um Airbus A-300 da companhia aérea indonésia Garuda cai no Norte de Sumatra em uma área montanhosa a cerca de 45 quilômetros de Medan. Todos os 222 passageiros e 12 tripulantes morrem.
• 19 de dezembro de 1997 - Todas as 104pessoas a bordo morrem quando um Boeing da companhia aérea cingalesa SilkAir cai perto da cidade indonésia de Palembang.
• 2 de fevereiro de 1988 - O DC-9 da companhia aérea Cebu Pacific cai em uma região montanhosa a nordeste de Cagayan de Oro, nas Filipinas, matando 104 pessoas.
• 16 de fevereiro de 1998 - Um Airbus da China Airlines cai e se espatifa no aeroporto de Taipé, Taiwan, matando...
tracking img