Revisao bibliografica sobre gerações x,y e z

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4759 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
4 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

4.1 Gestão de pessoas

Conforme Chiavenato (1999), com a globalização da economia e o mundo cada vez mais competitivo, a tendência que se nota nas organizações bem sucedidas não é mais de administrar recursos humanos, nem mais administrar as pessoas, mas, sobretudo administrar com as pessoas, sendo esse processo chamado “Gestão de Pessoas”.
Toda organização é umconjunto de pessoas, dessa forma, o sucesso da organização depende, diretamente, do desempenho das pessoas nela envolvida, sendo que um ambiente agradável e produtivo é pré-requisito para o bom desempenho das pessoas e para a produtividade da empresa. Segundo Chiavenato (2004, p. 5)

As organizações são constituídas de pessoas e dependem delas para atingir seus objetivos e cumprir suas missões. Epara as pessoas, as organizações constituem o meio através do qual elas podem alcançar vários objetivos pessoais com custo mínimo de tempo, de esforço e de conflito.

“Para que os objetivos da gestão de pessoas sejam alcançados, é necessário que as pessoas sejam tratadas como elementos básicos para a eficácia organizacional.” (CHIAVENATO, 2004, p. 10).

Gestão de pessoas “é o conjunto dedecisões integradas sobre as relações de emprego que influenciam a eficácia dos funcionários e das organizações. Assim, todos os gerentes são, em certo sentido, gerentes de pessoas, porque todos eles estão envolvidos em atividades como recrutamento, entrevistas, seleção e treinamento” (CHIAVENATO, 2005, p 9).

Chiavenato (1999) coloca a Gestão de Pessoas como uma evolução do conceito de Administraçãode Recursos Humanos, pois segundo o mesmo a área de RH passou por três etapas distintas, cujas abordagens se encontram de acordo com os padrões de cada época e também às necessidades das organizações, sendo que a primeira denominada “relações industriais”, foi introduzida na época da industrialização clássica onde mantinha-se os departamentos de pessoal com atividades extremamente operacionaisburocráticas e as pessoas eram consideradas “apêndices das máquinas”, sendo assim denominadas mão-de-obra. A segunda, “recursos humanos”, termo usado na industrialização neoclássica tinha além das tarefas operacionais burocráticas, um incremento das funções como prestadores de serviços, que cuidavam do recrutamento, seleção, treinamento, avaliação remuneração, higiene, segurança no trabalho, relaçõessindicais entre outras. E, por fim a terceira, na era da informação, tem-se denominado a atual “gestão de pessoas”, onde dos departamentos de RH, surgem as equipes – “team work” – que proporcionam consultoria interna e as pessoas passam a ser consideradas parceiras da organização, que acabam por assimilar os objetivos da organização como seus.
“Para que os objetivos da gestão de pessoas sejamalcançados, é necessário que as pessoas sejam tratadas como elementos básicos para a eficácia organizacional.” (CHIAVENATO, 2004, p. 10).
Segundo Dutra (2002, p. 44) "no momento em que a organização pensa nas pessoas como parceiros de seu desenvolvimento e as pessoas pensam o mesmo em relação à empresa, o foco altera-se do controle para o desenvolvimento".
É fundamental que as empresas valorizem ocomportamento dos empregados, favorecendo o comprometimento das lideranças, com o intuito de focar e valorizar as pessoas, que são as portadoras do conhecimento e, portanto, a fonte de vantagem competitiva e de sobrevivência do negócio.

Enquanto os indivíduos buscam suas satisfações pessoas (salários, lazer, conforto, horário mais favorável de trabalho, oportunidades de carreira, segurança nocargo etc.) as organizações, do mesmo modo, têm necessidades (capital, edifícios, equipamentos, potencial humano), lucratividade, oportunidades de mercado etc.) Dentre as necessidades organizacionais sobressai-se a necessidade de elemento humano, recurso indispensável e inestimável. (CHIAVENATO, 2004, p. 120).

A realidade atual exige que cada administrador - seja ele um diretor, gerente,...
tracking img