Revisão sobre a bacia sedimentar do araripe

Páginas: 11 (2660 palavras) Publicado: 28 de abril de 2011
ESBOÇO BIBLIOGRÁFICO DA PALEOGEOGRAFIA DA BACIA DO ARARIPE, NORDESTE DO BRASIL.

SERGIO ANTONIO LOBO MOREIRA
Universidade Estadual de Goiás – Unidade Universitária de Ciências Exatas e Tecnológicas, BR 153, km 3 – Campus – 75110-390, Anápolis, GO, Brasil. moreira.sal@hotmail.com

ABSTRACT – BIBLIOGRAPHYC OUTLINE OF ARARIPE BASIN PALEOGEOGRAPHY’S, NORTHEAST BRAZIL. The purpose of thisstudy is to contribute to a better understanding of the Araripe Basin and its importance both economic and cultural to Brazil. Araripe Basin is the largest of the sedimentary basins of the Brazilian Northeast and it’s located in a region of Tropical Forests with mild climate and presence of springs. Date of Lower Cretaceous, about 110 million years and this is connected to the final stage ofcontinental rifte of the region of Northeastern Brazil. It is rich in fossils, except the Cariri Formation, consists of sandstone, there aren’t fossils. Its fossils are among one of the best preserved when it’s compared with fossils from other regions. It is expected that this study has clarified the importance of preserving the basin’s resources and awareness for guarantee of future studies.Keywords: Araripe Basin, fossils, paleogeography, stratigraphy.

RESUMO – O objetivo deste estudo é contribuir para melhor compreensão sobre a bacia do Araripe e sua importância tanto econômica como cultural para o Brasil. A Bacia do Araripe é a de maior extensão das bacias sedimentares do Nordeste brasileiro e está localizada numa região de florestas tropicais com clima ameno e presença demananciais. Data do Cretáceo Inferior, cerca de 110 milhões de anos e está relacionada com a fase final do rifte da região continental do nordeste do Brasil. É rica em fósseis, exceto a Formação Cariri, constituída de arenitos, que é afossilífera. Seus fósseis estão entre os mais bem preservados se comparados com os de outras regiões. Espera-se que este estudo tenha esclarecido a importância dapreservação dos recursos da bacia e conscientização para garantia de estudos futuros.

Palavras-chave: Bacia do Araripe, fósseis, paleogeografia, estratigrafia.

1. INTRODUÇÃO

A Bacia sedimentar do Araripe localiza-se na divisa entre os estados nordestinos de Pernambuco, Ceará e Piauí (Carvalho & Santos, 2005; Moura & Borghi, 2005; Vidal et al. 2006), afrontando os dados de Assine (1992),que assevera abrangência também no estado da Paraíba, além dos três acima citados (Figura 1). Dotada de uma extensão de 9.000 km² (Assine, 1992; Vidal et al. 2006), dispõe-se em 180 km no sentido N-S e 70 km no sentido L-O, em seu trecho de largura máxima (Vidal et al. 2006) e possui 1.700m de espessura (Moura & Borghi, 2005).
Esta Bacia é a mais extensa e também a mais estudada do Nordestebrasileiro (Assine, 1994). É racionada em três unidades litoestratigráficas distintas (Do Carmo et al. 2004): Formação Mauriti, Grupo vale do Cariri e Grupo Araripe.
Este estudo visa poder contribuir para um melhor entendimento da Bacia do Araripe que é ainda pobremente estudada, mesmo sendo citada por Assine (1994) como a bacia mais estudada do Nordeste brasileiro, em comparação com as outrasbacias do Brasil, esta tem um déficit de estudos mais detalhados; além de suas principais riquezas fósseis e em que estes contribuem para o estudo da evolução dos processos de sedimentação no Brasil.

Figura 1. Mapa de localização da bacia do Araripe [seta] (Sucerquia & Andrea 2006, redesenhada de Assine, 1992).
Figure 1. Location map of Araripe Basin [arrow] (Sucerquia & Andrea, 2006, redesignedfrom Assine, 1992).

2. HISTÓRICO

A Bacia do Araripe é datada de 110 milhões de anos, no Cretáceo Inferior (Carvalho & Santos, 2005). Apresenta formidáveis registros continentais do final da fase rifte da evolução da borda continental brasileira, da fragmentação do paleocontinente Gondwana (Castro et al. 2006, Moura & Borghi, 2005). Neste período o intenso tectonismo de falhas reativou e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ocorrências de Âmbar nas Bacias Sedimentares Brasileiras – Uma Revisão
  • ESTUDO DAS ARGILAS QUE RECOBREM AS CAMADAS DE GIPSITA DA BACIA SEDIMENTAR DO ARARIPE
  • Bacias sedimentares
  • Bacias sedimentares
  • Bacias Sedimentares
  • Bacias sedimentares
  • bacia sedimentares
  • BACIAS SEDIMENTARES

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!