Retorica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5471 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Retórica Clássica e a Nova Retórica
Discurso e argumentação: A Retórica Clássica e a Nova Retórica
O termo linguagem é amplo e abrange todos os meios de expressão e de comunicação entre as pessoas. Qualquer sistema de signos que ofereça possibilidade de comunicação entre indivíduos é uma linguagem, seja qual for o órgão dos sentidos responsável pela emanação e percepção da mensagem.
Ondehouver um sistema, reconhecido pelos seus usuários, que importe compreensão de determinado significado, haverá linguagem. Fazem parte do conceito de linguagem, portanto, desde a simplória comunicação utilizada pelos indígenas por meio da fumaça até a complexa comunicação realizada por meio de uma língua, desde que compreendida pelos falantes.
O escopo da linguagem, ou seja, sua finalidade poressência, é propiciar aos interlocutores a possibilidade de se compreenderem, de se comunicarem. A linguagem é, portanto, um instrumento que permite a um orador exteriorizar seu pensamento, suas idéias, tornando-as objeto cognoscível ao seu auditório.
A língua, portanto, é uma das formas de manifestação da linguagem, já que é um sistema de signos apto a transmitir uma mensagem entre seus falantes. Alíngua pode servir à comunicação sob duas formas, a escrita e a oral, modalidades que não são bipolares, mas que confluem.
Seja na forma oral, seja na forma escrita, haverá discurso persuasivo ou retórico quando o usuário de uma língua realizar um discurso que pretenda persuadir o destinatário das razões e pontos de vista expostos por meio de argumentos.
Há de se compreender, portanto, que quando seimprime argumentatividade ao discurso, objetivando a livre persuasão do auditório, tratar-se-á de discurso retórico.
Portanto, um discurso persuasivo, ou retórico, necessita de três elementos essenciais: o orador, também chamado de emissor ou falante, que é a pessoa que produz o discurso; o auditório, também chamado de espectador, destinatário, receptor ou ouvinte, que é a pessoa ou o grupo depessoas às quais se dirige o discurso e sobre as quais o poder persuasivo do mesmo deve incidir; e, finalmente, o assunto, que é aquilo de que trata o discurso.
A força persuasiva de um discurso se manifesta por meio da argumentação utilizada pelo orador. A Nova Retórica dá especial atenção ao auditório, e o faz corretamente, já que os argumentos propiciam reações diferentes conforme os valores,experiências pessoais e conhecimentos de cada destinatário. Apregoa o mestre Perelman: “O conhecimento daqueles que se pretende conquistar é, pois, uma condição prévia de qualquer argumentação eficaz. [1] ”
A argumentação, portanto, deve ser tecida com base no auditório a que o discurso se destina, ou seja, aqueles sobre os quais deve recair a influência argumentativa.
Assim, a título de exemplo,num julgamento criminal a argumentação fortemente emotiva tende a ser mais eficaz perante o Tribunal do Júri do que perante o juiz togado, já que enquanto aquele decide conforme o foro íntimo, este deve representar única e exclusivamente a vontade da lei, a qual é elaborada e deve ser aplicada independentemente das paixões humanas propiciadas pelo caso concreto, de modo que o julgamento do juiztogado deve ser realizado estritamente conforme enquadramento e ordenamento legais.
Da mesma forma ocorre com os julgamentos da Junta Administrativa de Recursos de Infrações, visto que a condição dos seus julgadores se assemelha à condição dos jurados do Tribunal do Júri: são, via de regra, leigos em Direito e são autorizados a decidir conforme o íntimo lhes ordene.
O paralelo se faz interessanteporque tanto a decisão proferida pelos julgadores da JARI quanto a decisão preferida pelos jurados do Tribunal do Júri não necessitam de respaldo legal, ou seja, a fundamentação de suas decisões não precisam encontrar eco na legislação.
Decidem conforme a livre persuasão, conforme os princípios de justiça que possuem e seus valores intrínsecos. Busca-se o justo no foro íntimo de cada...
tracking img