Reticulo endoplasmatico liso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2292 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Organelas Celular Retículo Endoplasmático Liso

Retículo Endoplasmático Liso Retículo Endoplasmático Agranular

Trabalho sobre a organela celular Retículo Endoplasmático Liso, sua origem, estrutura, funções e patologias relacionadas ao seu mau funcionamento,


O complicado nome de retículo endoplasmático foi dado à estrutura, ou organela, encontrada no citoplasma das células. Se o nome écomplicado, seu papel é ainda mais complexo, mas fundamental para o ser humano.

A organela estudada pertence ao sistema de endomembranas, juntamente com o

Complexo de Golgi, Lisossomos, envoltório nuclear e a variação de Retículo Endoplasmático Rugoso ou granular.

Todas as células eucarióticas contêm um retículo endoplasmático (RE). Tipicamente suas membranas constituem mais do que metadedo total de membrana de uma célula animal média e está relacionado com as diversas funções celulares. Com freqüência ele é escasso e pouco desenvolvido em células embrionária ou indiferenciadas, no entanto, aumenta de tamanho e de complexidade com a diferenciação celular.

O objetivo deste trabalho é analisar a origem, a morfologia, as principais funções e as patologias relacionadas ao REL.Há quase um século os histologistas clássicos puderam visualizar com o microscópio óptico certas estruturas filamentosas e homogêneas no citoplasma das células glandulares do pâncreas e da parótida, que denominaram de ergatoplasma.

Décadas depois, o emprego de métodos histoquímicos e de absorção UV, permitiu reconhecer a presença de ribonucleoproteínas, que foram interpretadas como sítios desíntese de matérias celulares.

Em 1945, Porter – um dos precursores do emprego do microscópio eletrônico para a observação de células -, ao estudar delgadas distensões de fibroblastos em cultura, descreveu um delicado retículo anastomosado que se estendia por todo o citoplasma, ao qual se considerou uma nova organela e lhe conferiu o nome descritivo de retículo endoplasmático.

Trabalhosposteriores de outros investigadores e também de Porter, juntamente com

Palade, permitiram estabelecer a existência do retículo endoplasmático rugoso (ou granular), como uma organela membranosa, com sua face citosólica dotada de inúmeras partículas denominadas ribossomas, responsáveis por sua basofilia.

Na mesma época, reconheceu a existência de uma variedade de retículo endoplasmático desprovidode ribossomos, muitas vezes em continuidade com o anterior, constituído por formações membranosas tubulares ramificadas e anastomosadas, que recebeu o nome de retículo endoplasmático liso (ou agranular), revestido de características especiais, que será a organela estudada neste trabalho.


O retículo endoplasmático liso possui uma estrutura diferente do rugoso, que não é constituído porcisternas planas mais ou menos paralelas como as do RER, mas sim por um sistema de labiríntico de túbulos irregulares, ramificados e anastomosados, sem a presença de ribossomas.

O grau de desenvolvimento desta organela é muito variável e em alguns tipos celulares especializados pode superar o RER.

O fato de estas membranas serem desprovidas de ribossomas fez pensar que sua função não estariadiretamente relacionada com a síntese protéica. Ao mesmo tempo, o notável desenvolvimento do REL em células adiposas e sebáceas sugeriu uma possível relação com o metabolismo lipídico; sua presença constante, em grandes quantidades, no citoplasma de células endócrinas sintetizadoras de esteróides – como as do ovário, da suprarenal e do testículo – foi relacionada à síntese destes compostos; a observaçãodo aumento do REL nos hepatócitos nos quais o desenvolvimento do sistema oxidásico de função mista foi induzido sugeriu que estas enzimas residiriam em suas membranas; também a distribuição ordenada e característica do retículo sarcoplasmático – o REL do músculo estriado – levantou a suspeita de que, de alguma maneira, estaria relacionado com os mecanismos de contração muscular.

Estas e...
tracking img