Resumos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 32 (7880 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de julho de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo de Hist- Anual
Cap. 2:
Península Arábica: o berço do islã
A península Arábica é uma região do Oriente Médio, dominada por grandes desertos, estepes e Oásis. No sul, ocorre a existência de chuvas periódicas durante o ano, o que distinguia esse área das demais. Graças do regime de chuvas, as terras eram muito férteis para a agricultura, essa região ficou conhecida como: “ArábiaFeliz”.
Beduínos: Viviam no norte e no centro da península (deserto). Eram grupos de nômades e seminômades, criavam camelos, carneiros e cabras e também atuavam no processo de caravanas, tinham uma organização tribal (chefe), e falavam árabe. Eram politeístas.(os árabes do sul tambem)
Na Arábia Feliz(sul) , as terras férteis possibilitaram o desenvolvimento da agricultura, comércio e daformação de cidades. O comercio era a principal atividade econômica dos árabes do sul.
Favorecida por essa situação, a península se transformou numa área de grande movimento de caravanas comerciais que cruzavam o território em suas viagens.
Por ser uma área onde passava muitos comerciantes, não era um mundo fechado.
Meca: cidade sagrada:
As terras eram propicias para a agricultura, e lá apopulação pode se fixar e feiras comerciais começaram a se desenvolver.
A cidade de Meca, era vizinha da grande Feira de Okkaz então se tornou um grande posto de abastecimento de água para grandes caravanas que por ali passavam. Mercadores da cidade enriqueceram com o comercio de caravanas, alem de intermediarem o comercio entre gregos, palestinos etc.
Meca também se tornou um importante centro deperegrinação religiosa. Nela se encontrava a Caaba (um grande santuário de adoração das principais divindades árabes) e a Pedra Negra.
Maomé: o profeta do islã
Maomé era da: Tribo coraixitas, uma das que mais se beneficiaram do crescimento econômico proporcionado pelas caravanas.
Era o fundador do islã, nasceu na cidade de Meca.
Seus pais morreram, sendo assim, criado pelo avô (líder da tribo), comsua morte, foi criado pelo tio comerciante.
Trabalhou conduzindo as caravanas de uma rica viúva. Teve contato com muitos cristãos e judeus, que podem ter o influenciado na criação do islamismo. Após isso, acabou casando com a rica viúva, e com ela teve 4 filhos. Era um mercador bem sucedido.
Maomé costumava ir meditar no Monte Hira, em uma dessas meditações, ele recebeu uma revelação de Deus,pelo anjo Gabriel, que foi a primeira de muitas que continuaram por mais 23 anos até sua morte. As revelações deram origem ao livro sagrado dos muçulmanos, o Corão.
O Corão não pode ser traduzido, pois são palavras de Alá.
Os islâmicos reconhecem todos os profetas e livros do cristianismo e do judaísmo, porém Jesus é considerado apenas um profeta e não filho de Deus.
Suna: um livro que reúne asleis islâmicas e feitos de Maomé. É composta pelos hadiths(narrativas recolhidas dos seguidores de Maomé).
A Hégira e o inicio de um novo calendário
As primeiras pregações não foram bem recebidas em Meca.
A migração de Maomé para Yathrib ficou conhecida como Hégira e marca o ano do calendário muçulmano.
A expansão do islã pela Península Arábica
Umma: primeira comunidade islâmica.
A cidade deYathrib teve seu nome mudado para Medina (“a cidade dos profetas”).
A mesquita é um local de oração e também um espaço comunitário, em que os fieis se encontram e estudam o corão.
Quando Maomé morreu, estava quase totalmente islamizada e unificada em torno de um grande Estado árabe.
A jihad
Jihad Significa o empenho de cada fiel em defender e expandir o islã. Para a compreender a jihad épreciso analisar um dos fundamentos do islã, a “submissão total a Deus”. Todos os homens tem a missão de levar a mensagem de Deus a todos aqueles que ainda não a conhecem ou ainda não creem nela.
O expansionismo, no entanto, não pode ser confundido com intolerância. O islã não professa a violência. O corão proíbe a conversão forçada.
Os califados e a expansão do império
Maomé morreu sem...
tracking img