Resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1331 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Filosofia 10º Ano
Teorias éticas:
- Ética de Kant
- Utilitarismo

Distinção entre éticas internacionalistas (Kant) e consequencialistas (Utilitarismo):
Intenção - aquilo que o agente concebe como fim da sua acção (Finalidade)
Consequência - resultado que decorre do facto de a acção ter existido
Por vezes as intenções e as consequências da acção não coincidem.

Éticas intencionalistas (As teorias intencionalistas são aquelas que consideram que a avaliação moral das nossas acções (isto é, a classificação das acções como sendo moralmente boas ou más) deve centrar-se numa análise das intenções do agente; Assim, as éticas intencionalistas distinguem as boas das más acções em função das boas ou más intenções do agente, independentemente das consequências. (Em suma: as éticasintencionalistas distinguem as boas das más acções consoante a intenção e boa ou má, “cagando” para as consequências)

Éticas consequencialistas ( As teorias consequencialistas são aquelas que consideram que a avaliação moral das nossas acções deve centrar-se numa análise das consequências da acção; Assim as éticas consequencialistas distinguem as boas das más acções em função das boas ou másconsequências da acção, independentemente das intenções do agente. (Em suma: as éticas consequencialistas distinguem as boas das más acções consoante se as consequências são boas ou más, “cagando” para a intenção)

O que torna uma acção boa?
Na prática como devemos proceder para garantir o valor moral das nossas acções?
Respostas:
- Teoria ética de Kant
- Utilitarismo

Teoria ética de Kant:
-Enquanto ética intencionalista, a ética de cante considera que o que torna as nossas acções boas (ou dotadas de valor moral) são as intenções do agente. Mas nem todas as intenções garantem o valor moral das acções, apenas as boas intenções.
- Mas quando é que uma intenção é boa? (exemplo de ajudar o velho a atravessar a rua)
Por recompensa - má intenção
porque dá prazer ajudar - má intenção
porquequer ficar bem visto - má intenção
porque é o seu dever - BOA intenção
- Segundo Kant uma acção intencionada contra o dever (ilegalidade) ou em conformidade com o dever (legalidade mas só porque não apetece ir preso ou por não querer ser mal visto ou whatever) não MÁS intenções.
- Entre todas as intenções que se podem encontrar na origem de 1 acção apenas uma, de acordo com Kant, confere valormoral à acção: o Sentido de Dever (legalidade e moralidade). Ou seja, para Kant uma acção é moralmente boa apenas se o agente agiu por dever.
- Kant distingue agir em conformidade com o dever (o plano da legalidade) de agir por dever (legalidade e moralidade). Agir em conformidade com o dever é agir de acordo com a lei (cumprir a lei) mas apenas motivado pela obrigação de cumprir a lei. Agir pordever é agir de acordo com a lei (cumprir a lei) não tendo como única intenção a obrigação de respeitar a lei moral.
- Agir em conformidade com o dever: agir de acordo com o que devemos fazer mas não motivados pelo sentido de dever
- Agir em por dever: agir de acordo com o que devemos fazer mas motivados apenas pelo sentido de dever.
- Na prática, segundo Kant, para garantir o valor moral dasacções, devo obedecer a um imperativo (ordem) da razão, ao qual Kant dá o nome de Imperativo Categórico:” Age apenas de acordo com uma máxima que possas ao mesmo tempo querer que ela se torne uma lei universal.” Isto significa que, para saber o que devo fazer, devo perguntar a mim própria se posso querer que a minha máxima se torne numa lei universal (basicamente vês um velho aflito para atravessar arua, pensas em ajudar, e pensas se seria possível aplicar essa ideia ao mundo todo, se é uma coisa que queres que o todo o mundo faça)
Em suma: para Kant agir por dever é agir exclusivamente por obediência a um imperativo que me manda agir de um modo tal que eu possa querer que toda a humanidade aja como eu.

Existem 3 críticas à moral de Kant. (aqui a vera não se lembra da primeira mas...
tracking img