Resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1336 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RACISMO E EXPANSIONISMO

A doutrina nazi baseava-se no racismo. Para os nazis, existiam “raças superiores” e “raças inferiores”. A “raça superior” os Arianos cujos representantes mais puros seriam os Alemães, eram uma raça-mestra, superior a todas as outras.
No seu livro “Minha Luta”, Hitler desenvolveu as suas teorias políticas pela observação cuidadosa das políticas do Império Austro-Húngaro.Ele nasceu como cidadão do Império e acreditava que a sua diversidade étnica e linguística o enfraquecera. Também via a democracia como uma força desestabilizadora, porque colocava o poder nas mãos das minorias étnicas, que tinham incentivo para enfraquecer e desestabilizar mais o Império, o contrário da ditadura, que colocava o poder nas mãos de indivíduos restritos e intelectualmentefavoráveis.
O nazismo defende que uma nação é a máxima criação de uma raça. Consequentemente, as grandes nações, seriam a criação de grandes raças. A teoria diz que as grandes nações alcançam tal nível devido seu poderio militar e intelectual e que estes, por sua vez, se originam em culturas racionais e civilizadas, que, por sua vez ainda, são criadas por raças com boa saúde natural e traços agressivos,inteligentes e corajosos.
As nações mais fracas seriam então aquelas criadas por raças impuras, isto é, que não apresentam a totalidade de indivíduos de origem única.
De acordo com os nazistas, um erro óbvio deste tipo é permitir ou encorajar múltiplas línguas dentro de uma nação. Esta crença é o motivo pelo qual os nazistas alemães estavam tão preocupados com a unificação dos territórios dos povos delíngua alemã.
Nações incapazes de defender as suas fronteiras, diziam, seriam a criação de raças fracas ou escravas. Defendiam eles que as raças escravas eram menos dignas de existir do que as raças-mestras. Em particular, se uma raça-mestra necessitar de um Espaço vital, para viver, teria ela o direito de tomar o território das raças fracas para si.
Trata-se de uma teoria originalmenteconcebida pelo geógrafo alemão Friedrich Ratzel, que propôs uma Antropogeografia, como um ramo da geografia humana, como o espaço de vida dos grupamento humanos. Ao sistematizar os conhecimentos políticos aplicados pela geografia, Ratzel contribuiu decisivamente para o surgimento da geografia política, que no início do século XX foi acrescida do termo geopolítica (este cunhado por Rudolf Kjellèn).Friedrich Ratzel visitou a América do Norte no início de 1873] e impressionou-se com a doutrina do Destino Manifesto nos EUA. Ratzel simpatizava com os resultados do "Destino Manifesto", mas ele nunca usou o termo. Em vez disso, ele contou com a Tese da Fronteira de Frederick Jackson Turner.

Raças sem pátria eram, portanto, consideradas "raças parasíticas". Uma raça-mestra podia, portanto, de acordocom a doutrina nazista, endireitar-se facilmente pela eliminação das "raças parasíticas" da sua pátria.
Foi esta a justificativa teórica para a opressão e eliminação dos judeus, ciganos, eslavos e homossexuais, um dever que muitos nazis consideravam repugnante, tendo eles como prioridade a consolidação do estado ariano.
As religiões que reconhecessem e ensinassem estas "verdades" eram as religiões"verdadeiras" ou "mestras" porque criavam liderança por evitarem as "mentiras reconfortantes". As que pregassem o amor e a tolerância, "em contradição com os fatos", eram chamadas religiões "escravas" ou "falsas".
Os homens que aceitassem estas "verdades" eram chamados "líderes naturais"; os que as rejeitassem eram chamados "escravos naturais". Dizia-se dos escravos, especialmente dosinteligentes, que embaraçavam os mestres pela promoção de falsas doutrinas religiosas e políticas.
Em 1917 a Alemanha derrotou a Rússia, que se retirou da guerra a meio a Revolução Bolchevique. Entretanto, o povo alemão também estava insatisfeito com a guerra que já durava á muito tempo e havia aniquilado muitas vidas. Enquanto a elite do país continuava a viver de forma extravagante.
Em 1918 tem início...
tracking img